Pinho Moreira fala da situação do Estado, parcela do 13º será paga na próxima semana, as movimentações da eleição entre outros destaques

Pinho Moreira explicou a situação do Estado.

A convite da Acaert, Adjori e ADI, o governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) apresentou, ontem, a situação financeira do Estado, as medidas de gestão e os resultados. Ele destacou a economia que resultou na redução de R$ 900 milhões do déficit de R$ 2 bilhões que encontrou ao assumir o governo, em fevereiro deste ano.

Pinho Moreira também falou das medidas para garantir o controle dos gastos. Destacou o crescimento da dívida pública nos últimos anos, que passou de R$ 11 bilhões, para R$ 19,5 bilhões, apontando que o Estado tem sim capacidade de endividamento, porém, não de pagamento.

Ele ainda anunciou a antecipação de mais uma parcela do 13º para a próxima terça-feira (18), o que injetará mais de R$ 203 milhões à economia catarinense. De acordo com o governador, tem sido necessário vários cortes drásticos e só desta forma, conseguirá entregar um Estado mais eficiente e menor ao próximo governo.

A Saúde, apontada como uma das prioridades de sua gestão, teve segundo Pinho Moreira, empenhados até agosto deste ano, 14,3% dos recursos do Estado, com um valor de mais de R$ 2,4 bilhões. “Neste período, o setor recebeu R$ 260 milhões a mais do que no período de janeiro a agosto de 2017, o que representa um crescimento de 15%”, afirmou.

Além disso, ele explicou que os contratos foram revistos e avaliados, o que, segundo o governador, permitiu significativa economia, assim como, a reposição do estoque de medicamentos, que passou de 31% em março, para 90% em setembro. “Os repasses aos municípios em 2018 também estão em dia”, anunciou.

Quanto a busca de financiamento junto ao BNDES, Pinho Moreira disse que a Secretaria do Tesouro Nacional, não autorizou a liberação dos R$ 723 milhões, que o Estado buscou para a realização de obras. O motivo foi o gasto com a folha de pagamento que está além do limite. Ao final, fez uma crítica aos candidatos ao Governo do Estado, os quais, segundo ele, não estão discutindo os assuntos  realmente necessários.

Mariani no Oeste

O candidato ao Governo do Estado, Mauro Mariani (MDB), prestigiou ontem a Mercoagro em Chapecó. Ao lado dos candidatos da coligação “SC Quer Mais”, Napoleão Bernardes (PSDB), Jorginho Mello (PR) e Paulo Bauer (PSDB), conheceu melhor a feira internacional de carnes, referência em soluções e inovações em processamento e industrialização. O emedebista reiterou sua missão de ser um aliado no pleno desenvolvimento da região Oeste. Entre as prioridades de seu plano de governo para os próximos quatro anos, está a ligação da ferrovia Norte-Sul com o Oeste catarinense, para alimentar os rebanhos, além da criação de um fundo de manutenção das rodovias para facilitar o escoamento da produção. O candidato assegura também, que irá levar energia trifásica e internet a todas propriedades rurais

Décio com sindicatos

O candidato ao Governo de Santa Catarina, Décio Lima (PT), recebeu a plataforma das centrais sindicais – CUT, CTB, UGT e Intersidical. O ato aconteceu na Esquina Democrática, no Centro, em Florianópolis. Lima assumiu o compromisso com as propostas dos sindicalistas. Em seguida, assinou carta compromisso ratificando seu apoio às centrais. “Este ato é simbólico de receber a carta das centrais sindicais. Por que eu vou governar com vocês. Meu governo será dos trabalhadores e trabalhadoras catarinenses”, afirmou. Ele esteve acompanhado dos candidatos ao Senado, Lédio Rosa e Ideli Salvatti, junto com os candidatos a deputado federal e estadual.

Vá ao Sicredi

Como cooperativa de crédito que tem uma visão diferenciada do mercado, o Sicredi se preocupa com a sua saúde financeira. É por isso, que trabalha na orientação de seus associados para que tomem as melhores decisões quando o assunto for a administração de seu dinheiro. Uma vida financeira organizada tem como resultado, a possibilidade de realizar bons investimentos, podendo render mais prosperidade e a realização dos seus sonhos. Por isso, tanto os clientes pessoa física, quanto jurídica, tem acesso as orientações do Sicredi, inclusive sobre como implementar ações e programas com o objetivo de capacitar funcionários e colaboradores, para a melhor forma de gerir aquela que é a maior contrapartida que recebem pelo seu trabalho: o dinheiro. Procure o Sicredi. Gente que coopera cresce!!

Bauer

O senador Paulo Bauer (PSDB) que disputa a reeleição, aproveitou a visita ao Oeste onde participou de uma caminhada na Avenida Getúlio Vargas em Chapecó, para visitar a Mercoagro. No evento o tucano gravou um vídeo para as redes sociais, falando do potencial econômico do agronegócio da região. Lembrou que nas outras campanhas defendeu a importância do apoio ao homem do campo e, que manterá essa defesa. “Precisamos da ferrovia Leste Oeste para o escoamento da produção”, afirmou.

Júlio Garcia

Um evento organizado pela campanha do candidato a deputado estadual, Júlio Garcia (PSD), reuniu mais de 400 pessoas na Associação dos Funcionários da Secretaria do Oeste (Afusoeste), ontem em Chapecó. Estiveram presente Fabiana Rodrigues, representando o deputado João Rodrigues, além dos vereadores e suplentes do PSD, Astrit Tozzo, Valmor Scolari, Luiz Carraro, Célio Portela, Civaldo Mendes, Nédio Conci e Dalmir Pelicioli.

Discurso forte

Ontem o primeiro a falar, foi Eron Giordani, que é um dos principais articuladores políticos do PSD. Ele que está ajudando nas campanhas de João Rodrigues (PSD) e Júlio Garcia (PSD), chamou a atenção para a importância de três votos. O primeiro, disse Giordani, é para governador, destacando que o Oeste tem a oportunidade dessa vez, de ter alguém com viabilidade disputando a eleição, que ama o Oeste e saberá dar a importância para a região. Agora chamou a atenção, a fala que ele fez sobre estilos. “Não se compara o estilo e o jeito de fazer política entre ele (Merisio) e o João (Rodrigues). O João é um cara carismático e tem a sua forma de fazer política e, o Merisio é um cara preparado, habilidoso e articulado. Não iremos para a urna eleger o ‘miss simpatia’, vamos eleger o governador. Chamo a atenção para o ato que vamos praticar, por isso eu peço o voto para Gelson Merisio”, disse Eron.

Candidatos no Norte

Boaretto quer o compromisso dos candidatos.

A Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Araquari (ACIAA), convidou os candidatos ao Governo do Estado, para participarem de um café da manhã. O primeiro a responder ao convite foi Gelson Merisio (PSD), que participará na próxima quarta-feira (19) as 08h, do encontro com o setor empresarial. O presidente Alcidir Boaretto, explicou que além de apresentar o seu plano de governo, os candidatos também receberão uma pauta da região Norte. “O que mais precisamos é ações nas rodovias estaduais, a exemplo da SC-301 que passa por dentro de Araquari. Temos urgência para resolver. Além disso, temos estradas municipais e precisamos de apoio político sobre as rodovias federais que passam pela região. Também precisamos de mais segurança”, destacou Boaretto.

PSL em Blumenau

Lideranças e simpatizantes do PSL de Jair Bolsonaro, estiveram ontem na cidade de Blumenau, reunindo-se com Lucas Esmeraldino, postulante ao cargo de Senador, e Comandante Moisés, candidato ao Governo do Estado, para debaterem estratégias e demandas do Vale Europeu. Aproximadamente 500 pessoas estiveram reiterando a necessária atenção dos candidatos do PSL para as precárias condições da BR-470, uma das vias principais de escoamento, principalmente, das cargas que chegam e saem do Porto Itajaí.

PCO

Na sessão judicial de ontem, o Partido da Causa Operária (PCO) de Santa Catarina teve o seu Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários, indeferido por unanimidade pelos juízes do Tribunal Regional Eleitoral. Os motivos que levaram ao indeferimento do DRAP do partido, foram a não apresentação do número de inscrição do diretório regional de Santa Catarina no CNPJ e do livro aberto e rubricado pela Justiça Eleitoral, em que conste a ata da convenção estadual para a escolha de candidatos, com a respectiva lista de presença. Mesmo com o indeferimento do DRAP, a relatora dos processos de registro de candidatura do PCO, juíza Luisa Hickel Gamba, comunicou que julgaria individualmente cada pedido.

Indeferimento

Ontem no julgamento do registro de Ângelo Castro (PCO), para concorrer ao cargo de governador, que foi impugnado pelo Ministério Público Eleitoral, a relatora do processo votou pelo indeferimento da candidatura, levando em consideração a inelegibilidade de Castro, que tem uma condenação por falsidade ideológica em transitado e julgado. O procurador Regional Eleitoral, Marcelo da Mota, solicitou que Castro não possa promover atos de campanha, nem receber recursos públicos e que seu nome não conste na urna no dia da eleição. O desembargador Cid Goulart pediu vista do processo para avaliar o mérito do indeferimento e o pedido do procurador.

ATENÇÃO!! As atividades eleitorais dos candidatos à majoritária, são divulgadas conforme são repassadas as informações pelas coligações.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest