Napoleão faz pré-campanha no Sul

 

Desde quinta-feira, pelo menos até à noite desta segunda-feira quando fará palestra na Universidade do Extremo Sul Catarinense, o ex-prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes faz pré-campanha pelo Sul. Cm direito a discurso em festas de município e reuniões ou almoço farto na região com a maior diversidade gastronômica do Estado, ele segue um roteiro sem ser preciso em relação ao cargo que vai ocupar na eleição de outubro. Aos que andam com ele é flagrante essa cautela. Em princípio os tucanos do sul, quase todos alinhados com Paulo Bauer, apresentam-no como pré-candidato ao Senado, mas percebe-se que a possibilidade de estar na cabeça de chapa ou de vice não é situação ignorada.

Já na imprensa local saíram alguns questionamentos sobre o fato de ter se candidato a prefeito, eleito e reeleito e abandonado o cargo que lhe foi confiado pele eleitor de Blumenau. Por característica do eleitorado e cobrança da imprensa do sul, por certo ele teria maiores dificuldades, já que na maioria das cidades se discute acaloradamente o fato de vereadores eleitos terem aceito cargo de confiança no primeiro escalão dos governos municipais.

Mesmo internamento no PSDB do Sul, Napoleão terá que trabalhar muito para ganhar a confiança, pois é flagrante que ele ocupa um espaço que poderia ser do atual prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro. Assim, a simpatia a Bernardes faz parte da hospitalidade tucana sulista, mas não escapam à observação aspectos como a renúncia prematura de um recém eleito prefeito e menos de um ano e meio depois deixa o cargo e porque o território tem em Paulo Bauer sua maior liderança. São dificuldades naturais de um marinheiro de primeira viagem em se tratando de eleição estadual.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest