Morre o ex-prefeito Altair Guidi

“Obrigado Altair Guidi”
Por certo não há comparação precisa o suficiente para eleger qual foi o melhor prefeito de Criciúma, mas há muitos que garantem que foi Altair Guidi. Sua morte deixa mais do que uma destas impreenchíveis lacunas. Deixa um enorme vazio numa multidão de admiradores que sempre o prestigiaram com a fidelidade expressa pelo voto. E o reconhecimento não é apenas pelas obras físicas, que são muitas, mas principalmente pelo resgate cultural e a transformação anímica da cidade. Sucedeu Algemiro Manique Barreto no primeiro governo e José Augusto Hülse no segundo, antecedendo Eduardo Pinho Moreira. Convenhamos, uma sucessão de grandes personagens com passagem pelo Paço Municipal. A cidade despede-se hoje de um dos maiores ícones da política.

Foi um forte
Desde que realizou uma cirurgia de transplante de fígado em São Paulo, Altair nunca mais foi o mesmo. Não que fosse um zeloso absoluto com a sua saúde, mas gozava de uma condição que sugeria idade menor do que tinha. Sua vitalidade foi forjada numa maratona ininterrupta de contato com o povo, um dos segredos do seu condicionamento político e físico.

Fez sucessor
Entre as suas grandes obras pode ser citada a construção de seu sucessor. E não poderia ser diferente, o filho Ricardo, hoje deputado estadual, que cresceu num ambiente político de pai e mãe, para orgulho da família segue o legado do pai.

Despedida
As despedidas a Altair Guidi devem reunir uma multidão, hoje pela manhã na prefeitura onde está sendo velado desde ontem. Foi a prefeitura que ele construiu e que onde recebeu a sua última grande homenagem em vida. Foi no dia da reinauguração do Paço, quando compareceu com dificuldades e foi muito aplaudido.

Caso Lula
Acompanho desde ontem o ambiente petista em Porto Alegre. É flagrante a transformação do limão em limonada. O PT dá a arrancada para a campanha eleitoral de 2018 usando como pano de fundo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula no Tribunal Regional Federal, hoje. O “comício” de ontem na capital gaúcha foi um dos maiores que o PT já fez.

Fraude
Entre as frases cunhadas pelos marqueteiros petistas a preferida da militância é: “eleição sem Lula é fraude”. É a frase oferecida pelo PT nacional. Revela parecer que o partido não tem plano “B”.

Vocação petista
A “maré” levou o mar de petistas a Porto Alegre ontem, ou seja, a mega exploração do julgamento de um recurso em segundo grau é tudo o que o PT que parecia adormecido necessitava para acordar. Vi na esquina democrática da capital gaúcha os petistas “babando” satisfação no coro do Lulalá.

Conta milionária
A Assembleia Legislativa havia aprovado, no ano passado, uma lei permitindo o uso de debêntures da Invesc (Santa Catarina Participação e Investimentos) para pagamento de dívidas de ICMS, fato que iria causar um dano milionário às contas do Estado. Segunda-feira o Governo do Estado entrou com ação no Supremo Tribunal Federal para anular o efeito da lei via Justiça. Se não conseguir estima prejuízo de R$ 6,2 bilhões aos cofres públicos catarinenses.

No forno
Esta evidente que a ação que pede inconstitucionalidade de lei aprovada pela Assembleia Legislativa estava na gaveta e que coube ao vice-governador Eduardo Moreira levar adiante. Ora, a questão é saber como Raimundo Colombo permitiu sua aprovação em um parlamento que ele domina, pelo menos teoricamente é isso que se ouve.

O político vence o técnico
Em outros tempos nem a pior das reações das ruas ou de outros poderes faria o prefeito Clésio Salvaro voltar atrás de uma decisão. Hoje ele anuncia a revogação do decreto que causou o maior impacto no aumento do IPTU. E ao julgar pelo busquei não foi por reação da Câmara de Vereadores, nem pela ação individual patrocinada por alguns advogados ou mesmo do ensaio do Ministério Púbico que embasava contraditório ao efeito do canetaço do prefeito. O conjunto destas ações também, mas a veia política verteu mais forte a decisão de amenizar o impacto do aumento. O IPTU sobe, mas só nos índices da inflação e do que a Câmara de vereadores autorizou. Creio que esta foi a vez em que assistimos o prefeito de Criciúma ser mais político do que nunca.

REVISÃO A revisão dos valores de parâmetro do IPTU podem ser feitas, mas não na cegueira técnica com que vinha sendo aplicada. E olha que o próprio prefeito percebeu na sua conta que subiu mais do que o dobro.

PÁRA TUDO A partir de hoje fica suspensa a emissão dos carnês do IPTU e os que já pagaram ou retiraram é que terão algum trabalho. O cálculo do que a prefeitura vai faturar com este imposto precisa ser refeito.

VIRALIZOU O áudio preferido dos “agitadores” das redes sociais, ontem, foi um em que um assessor do vereador Julio Kaminski (PSDB), Adão da Silva, sugeria que as pessoas deveriam ser incentivadas a não retirar o carnê do IPTU sob a certeza de que a cobrança seria revista.

CÂMARA Em 2017 a Câmara de Vereadores de Criciúma recebeu do Executivo R$ 16,9 milhões, tendo devolvido R$ 3,5 milhões, ou seja, custou aos cofres públicos o equivalente a 70 por cento do IPTU arrecadado no período.

REPASSE Para 2018, o repasse à Câmara não deve crescer de longe o quanto crescerá o aumento do IPTU, mesmo que agora com aumento menor. A prefeitura estimava arrecadar pelo menos R$ 30 milhões com o imposto. Agora deve cair para uns R$ 15 milhões. Já a Câmara deve gastar cerca de R$ 15 milhões. Isso senão construir a sede.

LEMBRO Ouvi pessoalmente, há alguns anos, do falecido Luiz Henrique da Silveira, então candidato ao Senado, um dos maiores elogios a Altair Guidi. Dizia ele na época, que Guidi era um dos dez políticos mais habilidosos que ele conhece no trato político.

FIDELIDADE Testemunhei como repórter uma das maiores injustiças sofridas por Altair Guidi. Foi numa reunião do Conselho de Ética do PP, quando o expulsou por ter seguido voto orientado pelo então governador Luiz Henrique da Silveira. Aquilo foi tratado como infidelidade. Entre os julgadores da época muitos seguiram Altair pouco tempo depois, mas nunca foram julgados, muito menos ameaçados de sanção partidária.

FRASE DO DIA
“Ele foi o homem certo no tempo certo para a cidade de Criciúma.”
Jornalista Joice Quadros ao falar do amigo pessoal ex-prefeito Altair Guidi

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest