João Rodrigues deve ser julgado no dia 18, Jorginho Mello nega que o PR está com o PMDB, PP deve ter a vice-presidência da Câmara de Chapecó

Glauco Corte apresentou os resultados.
Foto: Filipe Scotti

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), apresentou ontem a sua Agenda Estratégica para a Infraestrutura de Transporte e Logística Catarinense. De acordo com o presidente da entidade, Glauco Corte, o estado precisa de R$ 5,1 bilhões de investimentos através de recursos federais e estaduais, para os modais rodoviário, aeroviário, ferroviário e aquaviário.

Sinceramente, do jeito que estão os caixas do Estado e da União, acredito que teremos uma grande dificuldade para atrair esses recursos para cá, ainda mais em ano de eleição. Isso não diminui a importância do levantamento, pelo contrário, pois, os números reforçam a ideia de buscarmos alternativas para termos os modais com totais condições de atender ao nosso setor produtivo. É por isso que se faz necessária uma ampla discussão a respeito de concessões das nossas rodovias, que respondem por 68,7% da matriz do transporte.

Um cálculo simples, poderá comprovar os prejuízos que as empresas acumulam nos dias de hoje, devido a falta de melhores condições nas estradas, gasto que poderá ser reduzido mesmo com a necessidade de se pagar pedágio, desde que sejam a preços de acordo com a realidade e, não abusivos. Outro ponto são os nossos aeroportos, que representam apenas 0,1%. Imaginem investimentos no aeroporto de Chapecó e nos demais, o quanto poderá ser utilizado o transporte aéreo para o envio de cargas. É hora de criatividade e desapego, e isso o setor empresarial já demonstrou que tem, resta o convencimento da classe política.

Dodge quer a prisão

A Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, deu um parecer favorável à prisão do deputado federal, João Rodrigues (PSD), em resposta a um despacho do ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux. Rodrigues foi condenado em 2009 devido a licitação para a compra de uma retroescavadeira quando ainda era vice-prefeito de Pinhalzinho, a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto. O advogado, Marlon Bertol, que faz a defesa de Rodrigues, solicitará ao STF o prazo de 48 horas para manifestação. Resta saber o que ele incluirá como fato novo.

Conseguiu pautar

Após a resposta de Raquel Dodge, ao seu pedido, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, decidiu pautar na 1ª turma do Supremo Tribunal Federal o julgamento do caso de João Rodrigues (PSD). A data ainda não foi marcada, podendo ficar entre o próximo dia 18 e a primeira semana de fevereiro. Será a oportunidade dos advogados de defesa de apresentarem as suas alegações. Resta saber se incluirão as declarações do prefeito de Pinhalzinho, na época da compra da retroescavadeira, Darci Fiorini, que assumiu a responsabilidade pelo processo licitatório.

Fux deve pautar o julgamento para a próxima semana.

A francesa

O pré-candidato a deputado estadual, Júlio Garcia, após balançar o bambuzal, como ele mesmo me disse, embarcou para a Europa. Sai de fininho, a francesa, para observar lá do alto da Torre Eiffel os acontecimentos no cenário político estadual.

Disputa no PMDB

Para evitar novas discussões de nomes para a eleição ao Governo do Estado, o presidente estadual do PMDB, deputado Mauro Mariani, pautou a próxima reunião somente para fevereiro. Nos bastidores é dito que o senador Dário Berger, estaria disposto a entrar na disputa para ser o candidato do partido a governador, caso haja qualquer movimento para tirar de Mariani a condição de único pré-candidato. Berger é um dos nomes fieis ao deputado.

Mudanças na Casan

O atual presidente da Casan Valter Gallina, deixará a presidência da estatal em abril, pois será pré-candidato a deputado estadual pelo PMDB. Gallina conversará com o vice-governador Eduardo Pinho Moreira (PMDB), que na época já deverá ser governador, para definir o nome, já que ele deseja colocar alguém de sua confiança. Porém, o diretor de Operação, Paulo Meller, que tem uma forte amizade com Pinho Moreira, aparece como o preferencial para assumir a Casan.

Chapecozinho

A tão esperada licitação da mão de obra para a construção da rede de captação de água do Rio Chapecozinho, ficará apenas para o próximo ano. Há um sentimento de frustração na Casan e também aqui na região. Vale lembrar que os materiais já foram licitados.

Scolari

O presidente da Câmara de Vereadores de Chapecó, Valmor Scolari (PSD), assumirá a Prefeitura no próximo dia 20, onde ficará por 10 dias. Na volta do prefeito Luciano Buligon (PSB) no dia 30, ele reassume a presidência para assinar os balancetes e preparar a sua renúncia do cargo que será assumido por Itamar Agnoletto (PSDB). Conforme adiantei, Scolari será o próximo secretário da Sedur, no lugar de Franklin Brum, que será convidado para o cargo de diretor do setor.

Na SEDUR

Valmor Scolari (PSD) já se prepara para assumir a SEDUR. Ele planeja uma série de agendas com o setor produtivo e com as entidades ligadas aos engenheiros e arquitetos. Scolari tem dito nos bastidores que deseja trabalhar em parceria com esses setores.

Vice

Com a saída de Valmor Scolari (PSD) da presidência da Câmara, para dar lugar a Itamar Agnoletto (PSDB), será feita uma eleição para a vice-presidência da Casa. Por hora os vereadores do Partido Progressista demonstraram interesse, devendo ser escolhido Claimar de Conto. A oposição ainda não sinalizou, mas também apresentará um vereador. Muitos não se colocarão a disposição, pois, quem for vice agora, não poderá ser vice nos próximos dois anos, quando serão eleitos os novos presidentes para os últimos anos deste mandato.

Concessões

Ontem o vereador de Chapecó Cleiton Fossá (PMDB), chamou a atenção para os projetos de lei em tramitação na Câmara, que autorizam a concessão e/ou parceria público privada do aeroporto, rodoviária entre outros espaços públicos. É importante a iniciativa de Fossá, que já se declarou favorável a matéria, porém, ele pede a realização de audiências públicas. Sinceramente, as questões envolvendo o aeroporto, rodoviária e Arena Condá, que são meramente técnicas, não tem a necessidade de debate mais amplo, que não será produtivo. Outro ponto, é que me convenci que concessão é melhor do que as chamadas PPPs, pois, exime o município de qualquer responsabilidade. É importante pensar que, quanto menor a União, os estados e os municípios, mais eficientes eles serão.

Parques

Até acho que em relação aos parques e alguns espaços públicos, possa haver a participação da população com sugestões, conforme sugere Cleiton Fossá (PMDB). Os moradores das proximidades desses lugares poderão sugerir o que fazer com esses locais, mas, já quanto a Arena Condá, não há destino melhor do que a Chapecoense assumir, pois, o estádio só ganhou uma razão para existir e receber grandes investimentos, após o desempenho do clube nos últimos anos. Que os projetos sejam aprovados antes do final do ano para já termos uma perspectiva de boas parcerias.

Jorginho responde

“Caro Marcelo, a respeito da nota “Casamento”, publicada na edição desta segunda-feira, venho informar que o PR de Santa Catarina não tem nenhum acerto prévio com nenhum partido. É verdade que estamos conversando com todos os partidos, através de suas lideranças, a respeito das próximas eleições. Até porque o PR tem pré-candidato a governador em Santa Catarina, ao qual tenho a honra de ser o indicado. Também é verdade que estamos percorrendo todas as regiões do Estado para conversar e articular novos projetos com a população de Santa Catarina. Queremos construir uma nova proposta, que leve em conta o novo momento pelo qual o Brasil está passando para que Santa Catarina melhore nos seus desafios. Forte abraço” – deputado federal Jorginho Mello presidente do PR de Santa Catarina.

Reunião

Após lançar o programa Internet para todos, o governador Raimundo Colombo (PSD) e o ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab, conversaram no gabinete e depois jantaram. Participaram da reunião e do jantar o deputado federal João Paulo Kleinubing (PSD), e o deputado estadual Gelson Merísio (PSD), pré-candidato ao Governo do Estado. Na pauta, o cenário político. Em seguida, Colombo viajou para Porto Alegre, onde, hoje participa de reunião do Codesul.

Codesul

O governador Raimundo Colombo (PSD) participa hoje de reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), no Palácio Piratini, em Porto Alegre, a partir das 10h. Colombo é atualmente presidente do conselho. Além do anfitrião do encontro, o governador do Rio Grande do Sul, José Sartori (PMDB); também participam da reunião a governadora em exercício do Paraná, Cida Borghetti (PP), e o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). O objetivo é encontrar alternativas aos desequilíbrios regionais, com concentração do crescimento no centro do país.

Reunião na Casa D’Agronômica.
Foto: Cláudio Thomas

Prêmio

A Aurora Alimentos recebeu o Prêmio Líderes 2017 na categoria Agronegócio. Representando o Oeste, a empresa foi reconhecida pelo destaque no cenário nacional durante este ano.

Destaque

 “O ex-ministro Walfrido dos Mares Guia comprou um Citation XLS+ (Cessna 560), jato executivo que custa US$ 10 milhões. Walfrido deverá destinar o jato para Lula caso ele seja candidato a presidente”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest