Fux inclui caso de João Rodrigues na pauta do STF

Fux pautou o julgamento de Rodrigues.

O deputado federal João Rodrigues (PSD) terá o seu caso pautado na 1ª turma do Supremo Tribunal Federal. A determinação foi do ministro Luiz Fux, que ouvirá os advogados de defesa. A data ainda não foi marcada.

Hoje mais cedo, apareceu a decisão da Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, deu um parecer favorável à prisão de Rodrigues, em resposta a um despacho de Fux que pedia uma manifestação em até 48 horas. O deputado foi condenado em 2009 devido a licitação para a compra de uma retroescavadeira quando ainda era vice-prefeito de Pinhalzinho, a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto. “Requeiro a imediata expedição do mandado de prisão do deputado federal João Rodrigues”, escreveu Raquel Dodge na decisão.

O advogado, Marlon Bertol, que faz a defesa de Rodrigues, solicitará ao STF o prazo de 48 horas para manifestação.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest