Escritório do Ibama em Joinville será fechado até o fim do ano

Uma notícia divulgada nesta semana deixou preocupados empresários e todos os que dependem do órgão ambiental de alguma maneira. Alegando corte de gastos, o Ibama de Joinville será fechado, mantendo apenas as unidades de Florianópolis, Itajaí e Chapecó. Já não há mais atendimento à população no escritório da maior cidade do estado, mas oficialmente seguirá até o dia 31 de dezembro.

Entre as dificuldades que podem acarretar neste fechamento é a redução no controle aduaneiro, sobretudo com a proximidade dos portos de Itapoá e São Francisco do Sul. Para este controle continuar será preciso deslocar um profissional de Itajaí, tendo em vista o aumento de negócios portuários nos últimos meses. As fiscalizações contra crimes ambientais também serão praticamente abandonadas e o acompanhamento em terras indígenas, entre outros trabalhos, serão drasticamente reduzidos a partir de agora.

Para tentar reverter esta decisão de fechamento do escritório de Joinville, uma comitiva formada por empresários ligados às atividades portuárias e interessados no assunto, irão se reunir com o comando do Ibama, em Brasília, na próxima terça-feira, dia 28/11. Como maior pólo econômico do estado e diversidade de fauna e flora, a região de Joinville não poderá ficar desassistida com este órgão federal.

 

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest