A disputa interna no PT de Chapecó, o almoço na casa de Merisio, Caramori disputará a eleição entre outros destaques

A disputa está aberta no PT de Chapecó.
Foto: Marcelo Lula

O Partido dos Trabalhadores de Chapecó se tornou um celeiro de lideranças que alcançaram mandatos e altos cargos na esfera federal. Porém, já há algum tempo a legenda tem enfrentado uma grande dificuldade com o isolamento aqui no estado e, o pior, as disputas internas por espaço.

A grande pergunta que o eleitorado e lideranças petistas devem se fazer neste momento é a seguinte: Como sairá o PT estadual e principalmente o de Chapecó, após o pleito de outubro? É claro que a disputa interna não se limita ao partido, pelo contrário, em todas as legendas esse cenário é constante e, me arrisco a afirmar que é maior até do que as travadas com adversários de outras agremiações.

Agora, está muito claro o que acontecerá entre os petistas no pleito. Uma disputa fratricida será inevitável, pois, Claudio Vignatti é uma das principais lideranças e não aceita ficar de fora. Caberá a Pedro Uczai ou a Luciane Carminatti, abrir mão do direito que eles tem de tentar a reeleição, ou enfrentarão um adversário dentro de casa que com certeza provocará a divisão do eleitorado.

Plenário do Uczai
Foto: Cleberson Marcon

No sábado (03), Uczai realizou a sua plenária com a presença de cerca de 500 pessoas, reafirmando a sua pré-candidatura à reeleição a deputado federal. “Nossa pré-candidatura está diretamente ligada à eleição do presidente Lula,” argumentou Uczai em seu discurso no evento. A definição irritou lideranças ligadas a Vignatti que acusam Uczai de não querer o debate interno, impondo uma candidatura sem ouvir os demais postulantes. “O Pedro está sendo muito egoísta, individualista ao extremo. É um discurso muito ético para uma prática sectária”, ironizou uma fonte, completando que teme, como sairá o partido de toda essa situação. “As pessoas não podem sentar no mandato e ficar”, criticou.

Já Luciane segue observando o cenário, mas também está incomodada com as movimentações de Vignatti que poderá lhe forçar a dar um gás maior nas suas movimentações eleitorais para não se complicar. Portanto, uma disputa será inevitável, o que exigirá muita habilidade do presidente da legenda Décio Lima, e dos demais dirigentes.

Almoço

O pré-candidato a governador Gelson Merisio (PSD), reuniu prefeitos e demais lideranças pessedistas, do Progressistas e do PSB do Oeste e Extremo-Oeste na sua casa de Chapecó, na sexta-feira (02). Em seu discurso antes do churrasco ser servido, Merisio afirmou que o projeto continua firme e bem encaminhado e, que seguirá trabalhando pela viabilização. O líder do PSD destacou a importância da união, dizendo inclusive, que considera legitima a postulação de João Rodrigues (PSD) que também se colocou como pré-candidato. “É legitimo o pleito do João, porém, não podemos perder a essência e a oportunidade que o Oeste tem de eleger um governador. Mas hoje, o nosso projeto é o único com uma coligação forte e pronta, o que me faz acreditar”, afirmou.

Animado

Durante as conversas que teve com os convidados para o almoço em sua casa, o pré-candidato ao governo Gelson Merisio (PSD), confidenciou que está satisfeito com a maior aproximação com o deputado federal Esperidião Amin (Progressistas), chamando o ex-governador de uma das mais expressivas lideranças do estado. Além disso, ele também apontou o nome do presidente estadual do PDT, Manoel Dias. Segundo uma fonte, Merisio destacou as qualidades do ex-ministro do Trabalho, destacando que se ele aceitou integrar os pedetistas ao seu projeto, é porque vê viabilidade. Após o encontro, Merisio acompanhado de outras lideranças foi a Faxinal dos Guedes, visitar o ex-prefeito Edegar Giordani (PSD). Foi um gesto de reaproximação.

Caramori vai

Conforme divulguei em primeira mão, o presidente do Badesc José Caramori quer disputar a eleição a deputado estadual. Filiado ao PSD, Caramori já recebeu apoio dos prefeitos da região da Amai e de outros pontos do Oeste. Apesar das informações que correm, a pré-candidatura é irreversível.

Buligon selecionado

O prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSB), é um dos selecionados pela Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (RAPS). Em sua apresentação, a entidade se diz sem fins lucrativos, de natureza apartidária e com pluralidade ideológica, cuja missão é contribuir para o aperfeiçoamento da democracia e do processo político brasileiro por meio, principalmente, da identificação e apoio a atuais e novas lideranças políticas. Além de Buligon, a prefeita de Bombinhas Ana Paula da Silva, a Paulinha (PDT), também foi selecionada. Eles participarão de um curso gratuito de formação, capacitação e aperfeiçoamento para as lideranças políticas.

Amizade

O presidente estadual do PT deputado Décio Lima, e sua esposa, a deputada estadual Ana Paula Lima, estiveram em São Bernardo do Campo nesse final de semana. Eles participaram do batizado da bisneta do ex-presidente Lula, Ana Lula. O ex-bispo da Diocese de Blumenau Dom Angélico, foi quem presidiu a cerimônia. A família Lima tem uma amizade de anos com Lula, tendo inclusive, a filha do líder petista, Lurian Lula, morado por um tempo na residência dos deputados.

Deve ficar

O ex-prefeito de Florianópolis Cesar Souza Júnior, me disse que considera difícil trocar o PSD pelo Democratas. Ele é pré-candidato a deputado estadual e explicou que toda a sua estrutura política está no partido. Mesmo não confirmando, nada está descartado, já que o seu pai, o deputado federal Cesar Souza foi convidado pelo DEM para ser pré-candidato ao Senado.

A força do agronegócio

Amanhã o governador Raimundo Colombo (PSD) fará um discurso na Assembleia Legislativa para apresentar um balanço das atividades de 2017, e a força do agronegócio catarinense será um dos pontos abordados. Eu tive acesso a uma parte do discurso que ele fará: “Diante de um cenário de recessão, reunimos os técnicos do governo para discutir soluções e medidas essenciais a fim de que garantir a manutenção do equilíbrio fiscal das contas públicas. A primeira decisão foi promover ações para melhorar a nossa produção agrícola”, lembrará Colombo, em texto que foi enviado para a Alesc. O governador destaca que a agroindústria catarinense é mundialmente reconhecida, sendo o estado o maior produtor nacional de suínos, com 968 mil toneladas/ano, que corresponde a 26% da carne produzida no país. SC também é quarto maior produtor nacional de banana e o segundo maior produtor de frango, com uma produção anual de 2,2 milhões de toneladas. O arroz também é uma importante fonte de riqueza e a expectativa é fechar 2018 com um crescimento de 20% na colheita.

Câmara

Os vereadores de Chapecó voltam ao trabalho nesta quarta-feira (07). Já no retorno haverá a eleição à vice-presidência da Câmara. O vereador Joãozinho Siqueira (Progressistas) deve ser o eleito para o cargo.

Nova liderança

A engenheira Jayana da Silva, já foi a vereadora mais jovem de Santa Catarina quando se elegeu em União do Oeste. Filiada ao Progressistas, a jovem mudou para Chapecó e deverá ser pré-candidata a vereadora na próxima eleição. Jayana integra a executiva estadual do Progressistas Jovem, e tem uma forte atuação política apadrinhada pelo suplente de deputado Altair Silva.

Asilo

Pessoas próximas ao ex-presidente Lula já não escondem que o ex-presidente poderá tentar se tornar um asilado político, caso saia o seu pedido de prisão. Uma das opções seria correr para uma embaixada africana. A Argélia seria a primeira alternativa, já que não tem tratado de extradição.

Destaque

“A entrevista que o presidenciável Jair Bolsonaro me concedeu e para a colega Raquel Lang na Super Condá, rendeu uma audiência em uma única rede social de 199 mil pessoas. Sem contar o site e a própria rádio. Hoje a entrevista ficará a disposição aqui no site para quem ainda não a ouviu.”

 “Me ouça de segunda a sexta, as 13h15 na Super Condá AM 610”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest