A disputa entre Merisio e João, Governo envia nota a respeito do Fundam, Amin pede desprendimento entre outros destaques

Merisio e Rodrigues já estiveram juntos no mesmo projeto.

A disputa que gera apreensão ao Oeste entre João Rodrigues e Gelson Merisio, não separa os pessedistas, pelo menos, é o que ambos dizem publicamente. Merisio foi além, ao afirmar que essa situação os aproxima, já que ambos tem legitimidade na sua busca por espaço.

Porém, quando o assunto é o PMDB, ele é categórico afirmando que a chance é zero do PSD estar com os peemedebistas e, deixa claro que estará na convenção em agosto do próximo ano, para ser o candidato a governador, não a vice, ressaltando que a legenda precisa liderar um projeto para o estado. Além disso, Merisio destaca que construiu o partido, organizou e liderou as eleições do ano passado e, que tem um grande número de partidários contrários a manutenção da atual aliança. Enquanto isso, Rodrigues corre o estado buscando o apoio de lideranças, intensificando a agenda no Sul e agora a caminho da Serra.

A pergunta que pode ser feita neste momento é: qual foi o ponto que dividiu os caminhos das lideranças que estavam lado a lado há semanas atrás, com Rodrigues anunciando apoio a Merisio?! A resposta pode parecer prosaica, mas é real: Gelson Merisio tem uma diferença ideológica, de agenda com os peemedebistas, enquanto que João Rodrigues tem uma visão mais prática, o que abre espaço para quase todas as legendas, gerando a velha discussão do programático contra o pragmático.

Algo que seria interessante é o esclarecimento a respeito das bandeiras e da visão de governo. Enquanto Merisio é contra a manutenção das ADRs, falta a Rodrigues ainda falar o que pensa a respeito do assunto, portanto, essa e outras pautas sendo discutidas, podem esclarecer o que desejam essas duas lideranças para os convencionais e os eleitores pessedistas. Outro ponto destacado por Merisio, é que já tem uma aliança formada com os Progressistas, PSB, Solidariedade, PRB, e nos próximos dias o PDT. Em busca da união, ele estende a mão a Rodrigues para retomarem a parceria. “Se ele quiser retornar ao projeto em que estava há algumas semanas atrás, ele pode vir. Eu o apoiarei a deputado federal, mas eu não abro mão de disputar a vaga de governador”, afirmou, destacando que na convenção é que será decidido. O certo, é que são duas fortes lideranças disputando o mesmo espaço.

Governo responde

Recebi uma nota do Governo do Estado, a respeito da informação que eu divulguei ontem da dificuldade da obtenção de financiamento com o BNDES para o Fundam. Segue a nota: “A segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios está garantida. Nesta terça-feira, o governador Raimundo Colombo, o secretário da Casa Civil, Nelson Serpa, e técnicos da Secretaria da Fazenda estarão em reunião com a direção do BNDES, no Rio de Janeiro, para acertar os últimos detalhes sobre a liberação dos recursos para que o Estado possa repassar aos municípios ainda neste ano. “– Cláudio Thomas – Diretor de Imprensa do Governo de SC

Salários

A respeito dos salários dos servidores o Governo do Estado respondeu: “Sobre a questão dos pagamentos da segunda parcela do 13º e do salário de dezembro, nos próximos dias devem ser definidas as datas. Lembro que o governo de SC foi um dos poucos a pagar a primeira parcela do 13º salário em 27 de julho. Não existe a mínima possibilidade de ocorrer atrasos.” – Cláudio Thomas – Diretor de Imprensa do Governo de SC

 Ainda o Fundam

 O governador Raimundo Colombo (PSD) embarca hoje para o Rio de Janeiro, com a esperança de convencer a direção do BNDES a conceder o financiamento para Santa Catarina. Uma das preocupações do banco é que os critérios de repasse sejam mais técnicos e menos políticos. A ideia de Colombo é receber os projetos dos municípios e liberar os recursos ainda neste ano.

Prefeito nega

“Te passaram uma informação desconexa sobre eu ser o organizador de um evento regional aqui em São Joaquim do pré-lançamento da candidatura do João Rodrigues. Quem vai organizar é o partido dele “PSD”, na pessoa do presidente em São Joaquim, Vanderlei Demeciano, e não eu como escrito na sua coluna. Fui no seu pré-lançamento no Sul como amigo e parceiro do deputado. Meu sonho era ver Paulo Bauer governador e João Rodrigues de vice, acredito que possa acontecer. Sou PSDB e sou Paulo Bauer, admiro e respeito meu amigo João Rodrigues.” – Giovani Nunes – prefeito de São Joaquim

Amin e alianças

Recebi de alguns assessores uma nota em que o deputado federal, Esperidião Amin (Progressistas), é colocado pelo Antagonista em uma possível aliança com o senador, Paulo Bauer (PSDB), e que ele teria dito que abriria mão da cabeça de chapa. Liguei para Amin que me disse o que falou ao site, que o maior desserviço que ele e Bauer poderiam prestar a Santa Catarina, é estarem em posições contrárias na eleição do próximo ano. “Para que haja convergência entre as pessoas que tem o mesmo propósito, é preciso abrir mão. Agora, quem abrirá mão, resta saber. Não poderemos chegar a isso na base da intransigência, nem eu e nem os sócios”, afirmou.

Alfinetadas

Esperidião Amin (Progressistas) voltou a alfinetar os peemedebistas, ao dizer que uma coligação começa com uma cisão com o PMDB e, que o PSD começou esse afastamento. “O quinto mandato com o PMDB seria ruinoso para Santa Catarina. Essa cisão representada pelo PSD, que é nosso irmão, é fundamental, mas que o PSDB também participe. Tem que haver desprendimento e, a escalação do time considera pesquisas, capacidade de aglutinação, rejeição e outros fatores”, afirmou Amin, pedindo para mandar um recado antes de desligar o telefone: “Geralmente, o cara que diz que não abre mão, é fraco”, disse o progressista e encerrou a ligação.

Aldo se recupera

O deputado federal, Rogério Peninha Mendonça (PMDB), saiu animado do Hospital Albert Einstein na tarde de ontem, após visitar o deputado estadual, Aldo Schneider (PMDB), que segue em tratamento em São Paulo. Em junho, Aldo foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor na coluna cervical, entre a quinta e sexta vértebra. Desde então, tem feito químio e radioterapia para garantir que a doença não torne a aparecer. “Fiquei muito satisfeito com o estado de saúde do Aldo. Ele está disposto, tem reagido de forma excelente ao tratamento e não vê a hora de voltar à rotina em Santa Catarina”, disse Peninha.

Peninha e Aldo Schneider.
Foto: Rafael Pezenti

Recuperado

Assessores informaram que o deputado estadual, Aldo Schneider (PMDB), está praticamente recuperado e, que agora só aguarda a recuperação do sistema imunológico. É possível que Schneider tenha alta na próxima semana e, ansioso, já disse aos assessores que deseja retomar as idas à Assembleia Legislativa. Devido a um acordo, Aldo assumirá a presidência da Alesc em fevereiro, enquanto que Silvio Dreveck (Progressistas) será eleito como primeiro vice-presidente.

HRO 1

Uma audiência pública realizada pela Assembleia Legislativa ontem, no Centro de Eventos Plínio Arlindo De Nês, marcou a intensificação das ações para efetivar o credenciamento do Hospital Regional do Oeste, como hospital escola. O encontro foi proposto pelo deputado Cesar Valduga (PCdoB), e contou com a presença do deputado Altair Silva (Progressistas), da coordenadora do Serviço de Educação Permanente do HRO,

Jussara Valentim, do reitor da Unochapecó, professor Cláudio Alcides Jacoski, reitor da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), professor Jaime Giolo, entre outras lideranças. Para Valduga, é necessário intensificar as articulações para a expedição da portaria interministerial.

HRO 2

É importante a preocupação do deputado estadual, Cesar Valduga (PCdoB), porém, conforme eu já informei neste espaço todas as mobilizações já foram realizadas para o reconhecimento do HRO. Resta apenas uma assinatura que está pendente no Ministério da Educação, a qual a região espera que logo seja concretizada.

Destaque

“Em reunião ontem na sede do partido, na capital, a Executiva Estadual do PSDB aprovou uma nova rodada de Convenções Municipais Extraordinárias no mês de dezembro em 54 municípios. Foi a primeira reunião da nova executiva tucana, eleita na convenção Estadual de 11 de Novembro. Entre os municípios que estão nesta nova lista, alguns que não puderam realizar suas convenções nas datas anteriores, em abril e em outubro. Atualmente, o PSDB tem 210 diretórios municipais formados. A nova rodada de convenções vai ocorrer no período entre 14 e 20 de dezembro.”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest