Discussões paroquianas e antigas

Resquícios partidários
O que parecia ser apenas uma bela sugestão, denominar a Via Rápida como Via Vêneto, extrapolou os limites do ponderável e ganhou contornos de debate desgastante inclusive à comunidade descendente dos italianos da região do Vênto na Itália. Às pressas tentaram retirar a homenagem ao ex-deputado (já falecido) Aristides Bolan e denominar a nova rodovia de Via Vêneto. Natural que os novos homenageados sentiram-se lisonjeados e felizes pelo reconhecimento. O que eles não sabiam é que entraram, sem saber, numa briga política do passado. Bolan (ARENA) era adversário do MDB, sigla que está a frente da sugestão de novo nome.

Segunda vez
Quando da aprovação do projeto de denominação de rodovia Deputado Aristides Bolan, houve o primeiro ensaio de polêmica. Naquela ocasião o deputado Ronaldo Benedet (PMDB) apresentou projeto para denominar a via de Lírio Rosso. Ocorre que a matéria chegou atrasada e preponderou a primeira proposta. Inteligente, Benedet retirou seu projeto para evitar polêmica desnecessária.

Duplo desrespeito
Desprezar Aristides Bolan retirando seu nome da Via Rápida não seria o único erro dos deputados estaduais. Há de se considerar que ao mudar uma lei aprovada por seus antecessores os deputados estariam também desrespeito o ex-deputado, Altair Guidi, que foi o autor da lei.

As placas
As manobras para tentar forçar a mudança de nome da Via Rápida foram tão intensas que o Secretário de Desenvolvimento Regional, João Fabris (PMDB), ligou para o prefeito Clésio Salvaro para que as placas indicativas instaladas no perímetro urbano de Criciúma sugerissem “Via Vêneto”. A dúvida é se o município se envolveu por descuido ou cumplicidade.

Inaugurações
Hoje o Governo do Estado fará três grandes inaugurações no Sul do Estado. A primeira delas é da pasta de Infraestrutura, em Laguna. Trata-se do acesso ao Farol de Santa Marta, obra que teve o empenho pessoal do secretário da pasta, Luiz Fernando Cardoso. Outra obra da mesma pasta é a ligação Içara e Criciúma na SC-445, acesso à avenida Jorge Elias de Lucca e que ainda é o principal acesso à Criciúma

Na Saúde
O Hospital São José inaugura às 11h uma nova estrutura com 5,6 mil metros quadrados. Nela estão oito salas de cirurgia, 20 leitos de UTI, 23 leitos clínicos entre outros serviços, todos com alta tecnologia. A obra tem recurso do Ministério da Saúde e do Governo do Estado.

Novo hospital
O complexo que se inaugura hoje no Hospital São José de Criciúma é tão significativo que por ocasião da propaganda eleitoral gratuita o governo mostrava-a como obra de “um novo hospital” em Criciúma. A população reagiu, pois não era o que parecia.

Representado
Enquanto o deputado federal Ronaldo Benedet estava em Brasília, quarta-feira, seu neto Vitório Benedet Spillere entregou as chaves de um veículo adaptado, no valor de R$ 150 mil, para a Apae de Nova Veneza. O veículo foi adquirido através de emenda parlamentar. A entrega é simbólica pois o menino mora do distrito do Caravaggio.

Enfim o Banco de Olhos
Depois de uma dezena de ensaios, parece que desta vez o Banco de Olhos de Criciúma sairá do papel. A articulação partiu do prefeito Clésio Salvaro (Criciúma), que há muito reclama a ausência dos demais municípios da região no rateio das despesas de saúde em serviços que atendem a região. Ontem, na reunião dos prefeitos da Amrec ele sugeriu que só pagaria a contribuição mensal de Criciúma se o valor fosse integralmente destinado à manutenção do Banco de Olhos. Para alcançar os R$ 40 mil que deve ser a despesa, a entidade regional banca o restante.

INFORMADO Ainda ontem à noite Almir Fernandes, que é servidor público estadual e um dedicado voluntário de projetos sociais e idealizador do projeto da Cruiz Vermelha, recebeu a informação diretamente dos prefeitos.

POLÊMICA Diz-se nos bastidores que outros progressistas (PP) que não são da ala “Amin” decidiram comprar as brigas que o deputado estadual João Amin (PP) teria incitado. A coluna tem acompanhado estes episódios.

NO PP Primeiro João Amin disparou contra o prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli. Nesta semana teria sido contra o suplente de deputado Altair Silva. Existem conversas de progressistas que estariam articulados para atirar de todos os lados, se a metralhadora Amin seguir.

DESPEDIDA
A agora ex-diretora do consórcio intermunicipal da Saúde na região da Amrec, Daniria da Rocha, se despediu ontem. Apresentou balança e contabilidade do órgão. Em 2017 o o movimento foi de R$ 6,5 milhões, a maior parte na compra de medicamentos e procedimentos de alta e média complexidade.

PELO IDOSO Foi aprovado ontem o projeto que cria o Fundo Estadual do Idoso. Vinculado à Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, pasta do deputado Valmir Comin, o projeto viabiliza políticas públicas de proteção aos idosos. A rigor ele cria meios para o Governo atender o Estatuto do Idoso.

FUNDO O Fundo Estadual do Idoso contará como fonte de recursos a destinação de um por cento do Imposto de Renda da pessoa jurídica e seis por cento da pessoa física. A lei permite que que pessoas e empresas doem recursos para projetos, programas, serviços e ações relativos à pessoa idosa.

ELEIÇÃO Hoje acontecem as eleições para do Conselho Federal (CONFEA), Conselho Regional (CREA-SC) e Caixa de Assistência. Cerca de 40 mil profissionais estão aptos a votar.

FRASE DO DIA
“Esta é uma obra do que se pode chamar de fato de ação de conturbação. Foi feita a trêsmãos: Estado, Criciúma e Içara. Nos a executamos.
Arnaldo Lodetti Júnior, Secretário de Planejamento de Içara comentando as obras do acesso de Içara (SC-445) e Criciúma.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest