Políticos catarinenses teriam sido citados em nova delação

Uma fonte revelou que em delação premiada no âmbito da Operação Lava Jato, o engenheiro de uma empreiteira com escritórios em São Paulo e Santa Catarina, teria apontado nomes de partidos e políticos do estado, que teriam recebido dinheiro sem declaração. Ainda não está claro se o suposto crime seria de caixa 2, ou propina. A fonte destacou ainda, que uma legenda de grande porte e outra menor, teriam sido as beneficiadas. Nomes devem ser divulgados nos próximos dias.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest