Definitivo: Lula permanecerá preso

Para encerrar o impasse sobre a soltura ou não do ex-presidente Lula (PT), condenado no caso do tríplex do Guarujá, o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, desembargador Carlos Thompson Flores Lenz, determinou agora a pouco, que o petista fique preso.

Após a decisão do desembargador de plantão, Rogério Favretto, que mandou soltar Lula baseado num suposto “fato novo”, que é a pré-candidatura do ex-presidente ao Palácio do Planalto, o que  não é um fato novo, pois a intenção de Lula de disputar a Presidência já é notório há tempos.

Lenz determinou que o processo retorne ao relator do processo da Lava Jato na Corte, desembargador João Pedro Gebran Neto. Assim, Lula permanecerá preso.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest