Dalírio Beber é um dos alvos de Operação da Polícia Federal

O senador Dalírio Beber (PSDB) é um dos alvos da Operação Registro Espúrio, realizada pela Polícia Federal na manhã de hoje. Está sendo investigada a suspeita da existência de uma organização criminosa de fraudes na concessão de registros de sindicatos junto ao Ministério do Trabalho. Também são alvos da operação os deputados federais Paulinho da Força (SD-SP), Jovair Arantes (PTB-GO) e Wilson Filho (PTB-PB). Desde cedo, policiais federais estão realizando buscas nos gabinetes dos parlamentares na Câmara dos Deputados. Não há informação se os policiais estiveram no Senado.

A prisão dos parlamentares foi pedida pela justiça, porém, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, negou. Foram cumpridos 64 mandados de busca e apreensão, 8 mandados de prisão preventiva sem prazo determinado e 15 mandados de prisão temporária de até cinco dias, além de outras medidas cautelares. A Força Sindical e a União Geral dos Trabalhadores também foi alvo de buscas, além de alguns lugares não identificados ainda em Santa Catarina.

Ainda de acordo com a PF, faziam parte do núcleo político do esquema o ex-deputado e presidente do PTB, Roberto Jefferson, de quem foi pedida a prisão que não foi aceito por Fachin. Além dele, os deputados Paulinho da Força, Wilson Filho e Ademir Camilo Prates Rodrigues (MDB-MG) e os senadores Dalírio Beber e Cidinho Santos (PR-MT), atualmente licenciado do mandato. São investigados crimes de organização criminosa, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro.

Liguei para o senador catarinense, que não atendeu as ligações.

 

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest