CPI do Natal Felicidade 2016 movimenta a Câmara de Vereadores de Lages (SC)

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) formada na Câmara para investigar supostas irregularidades envolvendo a decoração do Natal Felicidade 2016 em Lages deu novos direcionamentos aos trabalhos após reuniões no Legislativo.

Agora chegou o momento de ouvir as pessoas envolvidas. Os componentes da CPI, os vereadores Jair Junior, Lucas Neves, Bruno Hartmann, Ivanildo Pereira e João Chagas ouvirão as testemunhas sobre o processo. Segundo o presidente da comissão, Jair Junior (PSD), as oitivas serão abertas e acontecem nesta quarta (13) e quinta-feira (14), a partir das 18h, no Plenário Nereu Ramos do Poder Legislativo.

Caso algum representante das testemunhas solicitar sigilo para a manifestação, a Comissão deve fazê-la a portas fechadas. “Importante destacar que todos os convocados estão sendo chamados como testemunhas, nenhum é investigado até o momento”, disse Jair, que ressalta que as oitivas são importantes para juntar e confrontar alguns fatos que ainda não estão claros a respeito dos acontecimentos em inquérito.

Veja a ordem de dia e horário da oitiva das testemunhas
13/12 – Quarta – 18h
Mário Hoeller de Souza
Flávio Luis Agustini
Agessander José de Souza

14/12 – Quinta – 18h
Ana Lúcia de Souza Camargo Vieira
Paulo Sérgio Ludwichak
Itamar Westphal Aguiar

Entenda o caso
Uma denúncia surgiu com a suspeita de que servidores que atuavam na coordenação e confecção da decoração estavam negociando esses objetos sem autorização da administração. O sumiço da decoração natalina fez com que a Câmara de Vereadores de Lages abrisse a CPI do Natal da Felicidade.

Uma investigação paralela é feita pelo Ministério Público, após denúncia envolvendo um ex-servidor da prefeitura, que estaria utilizando o material para assuntos particulares. De acordo com assessoria do MP, objetos de decoração natalina, como lâmpadas de led e estruturas de metais, foram apreendidos no barracão particular do funcionário, mas ainda não há provas de que o material seria do poder público. O IGP irá fazer perícia pra analisar se as decorações são as mesmas utilizadas no Natal Felicidade 2016.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest