Colombo abraça o projeto de Merisio, título de cidadão catarinense para Lula poderá ser revogado, Temer repassa recurso para a Saúde entre outros destaques

Ontem durante a entrevista que concedeu à colega Raquel Lang e a mim, na Super Condá AM 610, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi mais uma vez para o enfrentamento contra o judiciário, que o condenou no processo envolvendo o tríplex do Guarujá.

Seguindo a retórica da perseguição política, o líder petista distribuiu críticas ao Ministério Público Federal, a Polícia Federal, O TRF 4, ao juiz federal Sérgio Moro, e principalmente ao procurador Deltan Dallagnol, a quem chamou de moleque. Mas não foi somente o judiciário, a imprensa nacional, sobretudo a Rede Globo, foi eleita por Lula durante a entrevista como o seu maior adversário na eleição deste ano.

O fato é que ele sabe que está inelegível, mas vai ao encontro das pessoas para não deixar a militância desanimar, pois, na hora certa aparecerá o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, como o nome petista para a disputa a presidente da República. Neste caso, o também presidenciável Ciro Gomes (PDT) poderá se unir a ele, compondo como vice.

Enquanto não acontece, Haddad permanece quieto, sem fazer muita exposição de sua imagem. Outro ponto que chamou a atenção durante a entrevista de ontem, é que Lula colocou na conta do senador Aécio Neves (PSDB) que perdeu a eleição passada para Dilma Rousseff (PT), de ser o responsável pela deterioração das relações políticas no país. Lula ainda se disse “paz e amor”, e provocou dizendo que enquanto inventarem mais mentiras a seu respeito, mais ele se fortalece e que poderá ganhar a eleição no primeiro turno. Portanto, o que se viu, foi um político que fará campanha até mesmo, se acabar preso, pois sabe que é o cabo eleitoral que conseguirá atrair uma parcela da população brasileira.

Operação POA

Uma verdadeira operação foi montada para garantir que o ex-presidente Lula (PT), chegasse a Porto Alegre. Como a sua comitiva não conseguiu entrar em Passo Fundo, Lula foi colocado em um carro e veio em direção a Chapecó a frente dos ônibus que o acompanham. Ele foi flagrado pelo colega Willian Ricardo do ClicRdc, quando entrou na sala da administração do aeroporto Serafin Enoss Bertaso, para embarcar em uma aeronave fretada. Ontem a noite, Lula participou de um ato em São Leopoldo. Enquanto ele chegava a Porto Alegre, os ônibus com a sua equipe entravam em Chapecó para começar a organizar o ato de hoje as 19h na praça Coronel Bertaso.

Lula pegou o vôo em Chapecó.
Foto: Willian Ricardo

Outdoors

Outdoors de protesto contra o ex-presidente Lula (PT), estão sendo espalhados por Chapecó. O maior número ficou nas proximidades do aeroporto Serafin Enoss Bertaso, onde Lula deverá desembarcar entre as 16h e 17h.

Nota

Através de nota a bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados, repudiou o que chamou de atos fascistas de setores da direita agrária do Rio Grande do Sul, durante a caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Os parlamentares da legenda reclamaram do tratamento recebido por Lula desde Bagé, até ontem em Passo Fundo.

Cancelar o título

Deputados estaduais como Marcos Vieira (PSDB), Ricardo Guidi (PSD), Maurício Eskudlark (PR), Natalino Lazare (Podemos) e Kennedy Nunes (PSD), já anunciaram que entrarão com o pedido de revogação da entrega ao ex-presidente Lula (PT), do título de Cidadão Catarinense, em sessão que acontece hoje as 10h, na Assembleia Legislativa. Os trabalhos serão presididos pela deputada Ana Paula Lima (PT), e o título que foi aprovado em 2008, teve como autor da proposta o então deputado estadual Jaílson Lima que não é mais filiado ao PT.

Repúdio

O Centro Empresarial de Chapecó (CEC), através de nota repudiou a concessão do título de Cidadão Catarinense ao ex-presidente Lula (PT). A entidade chamou o ato de fato político e oportunista, que não expressa o sentimento da população catarinense.

Colombo abraçou

Se alguém tinha alguma dúvida, agora não tem mais motivo para tal. O governador licenciado Raimundo Colombo (PSD), abraçou de vez a pré-candidatura de Gelson Merisio (PSD) ao Governo do Estado. Ontem no evento de filiação do deputado estadual Antônio Aguiar que trocou o MDB pelo PSD. Colombo fez um empolgado discurso que pode ser entendido como mais um lançamento do nome de Merisio. “O Merisio vai liderar a caminhada do partido, para a partir de agora apresentar à sociedade catarinense esse nosso desafio. Aprender com esse tempo, ter a humildade para compreender o que está acontecendo, e ter a força e a coragem para mudar o que precisa ser mudado”, afirmou Colombo.

Telefonema

 O governador em exercício Eduardo Pinho Moreira (MDB), comemorou a ligação do presidente Michel Temer (MDB) ontem a tarde. Temer anunciou o repasse de R$ 100 milhões que ajudarão a equacionar a dívida da Saúde. O recurso é resultado do esforço conjunto de Pinho Moreira e do Fórum Parlamentar, já que Moreira, e os deputados Jorginho Mello (PR), Rogério Peninha Mendonça (MDB), Carmen Zanotto (PPS) e o secretário de Estado da Saúde Acélio Casagrande, estiveram no dia 1º de março com o ministro Ricardo Barros, e na última quarta-feira (21) com Temer. “Uma conquista necessária para Santa Catarina, num momento em que precisamos equacionar as dívidas na área da saúde, e ao mesmo tempo garantir o atendimento à população”, destacou o governador.

Amigo do Esporte

Eu quero parabenizar o meu colega na Super Condá AM 610, o repórter Edson Florão. Integrante da equipe de esporte Nota 10, Florão foi agraciado com o Troféu Amigo do Esporte Catarinense pela sua atuação e incentivo ao esporte amador. Florão cobriu 34 edições do JASC. Homenagem merecida.

Colombo agraciado

O governador licenciado Raimundo Colombo (PSD), também foi agraciado com o Troféu Amigo do Esporte Catarinense. Colombo foi goleiro do time de futsal Hélio Moritz, do município de Lages. O governador foi pentacampeão catarinense, uma vez vice e disputou duas edições do JASC, uma em Criciúma e a segunda em Chapecó.

Patriotas com o DEM

O presidente estadual do Patriotas, Aílson Barroso, confirmou no final da manhã de ontem para o deputado federal João Paulo Kleinubing (DEM), que o partido estará com o Democratas, caso a candidatura ao Governo do Estado se mantenha. As tratativas começaram através do vice-presidente do Patriotas, Maurício Leal.

Rodrigues no DEM

Uma fonte informou que as tratativas para que o deputado federal João Rodrigues (PSD), e sua esposa, a empresária Fabiana Rodrigues se filiem ao Democratas estão adiantadas. Segundo a liderança, o partido quer muito ter Fabiana em suas fileiras, ela que poderá se colocar a disposição para ser candidata a deputada federal. “A probabilidade é grande, muito embora, a Fabiana ainda não está se sentindo totalmente a vontade para ficar na linha de frente. A legenda mira outras lideranças pessedistas.

Filiação de Garcia

Hoje as 11h em Criciúma, o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado Júlio Garcia, assinará ficha no PSD. O evento que está sendo organizado pela equipe do deputado estadual Ricardo Guidi, que é pré-candidato a deputado federal, acontecerá no Centro de Eventos Flor de Lis. O governador licenciado Raimundo Colombo (PSD) e o líder do PSD na Assembleia Legislativa, deputado Milton Hobus, confirmaram presença no ato. Garcia é pré-candidato a deputado estadual.

Podemos

O senador Álvaro Dias foi oficialmente lançado ontem em Belo Horizonte, como o pré-candidato do Podemos à Presidência da República. Dias é visto com preocupação pelo PSDB, já que começa a atrair o interesse de apoiadores dos tucanos. “Nós estamos com a proposta da refundação da república que é a substituição deste sistema de governança que fracassou”, afirmou Dias.

Colonização

Foi em Santa Catarina que desembarcaram os primeiros imigrantes italianos, ao chegarem no Brasil. No entanto, de forma equivocada, um município do Espírito Santo recebeu o título de pioneiro na colonização por trentinos. Com o intuito de reparar esse erro histórico, o deputado federal Rogério Peninha Mendonça (PMDB) apresentou na Câmara dos Deputados um Projeto de Lei que confere o título de Capital Nacional da Imigração Italiana à cidade de São João Batista. O município catarinense reclama o título que foi concedido, no mês de janeiro, para o município de Santa Teresa – ES. A Província de Trento, na Itália, chegou a manifestar contrariedade à decisão, alegando que a cidade capixaba não teria condições de receber a nomeação.

“Me ouça de segunda a sexta as 13h15 na Super Condá AM 610”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest