Buligon proporá mudança de nome do PSB, Mariani critica posição de Udo, Merisio visita João Rodrigues entre outros destaques

Buligon e João Campos (centro), falaram da proposta de mudança no PSB.

O prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSB), embarca amanhã rumo a Brasília. Ele participará do 14º Congresso Nacional de seu partido, que inicia hoje e encerra no sábado (03) no Centro Internacional de Convenções do Brasil. No último dia serão eleitos os membros da executiva e do diretório nacional, mas antes, serão discutidos temas estratégicos pensando na eleição deste ano.

Os pessebistas querem fazer parte do processo de construção de um projeto para o país. Encantado com a Rede de Ação Política pela Sustentabilidade (Raps), movimento do qual passou a fazer parte e, que visa a formação de lideranças políticas para contribuir com o país, Buligon levará uma proposta a Brasília que promete gerar uma grande discussão. Ele vai sugerir a troca do nome da legenda que deixaria de se chamar Partido Socialista Brasileiro, para ser chamado de Partido Sustentável do Brasil, mantendo a sigla PSB.

No espaço que terá para se pronunciar, Buligon explicará que o partido precisa focar no cooperativismo e no associativismo, promovendo a troca de experiências exitosas entre as suas lideranças de todos os cantos do país, no que chamou de “Amizade Cívica”, que é um dos conceitos trabalhados no Raps. Em conversa no final de semana passado em São Paulo, com João Campos, filho de Eduardo Campos que faleceu durante a última eleição. Buligon antecipou a sua ideia recebendo a concordância do jovem político. João chegou a dizer que esse movimento precisa ser puxado pelo Sul, já que no Norte e Nordeste o PSB ainda é muito agarrado no histórico de seu bisavô, Miguel Arraes.

Esse ponto deve gerar uma grande discussão, já que a maior delegação no congresso deverá ser justamente a de Pernambuco, que defende a manutenção de um posicionamento de centro esquerda. Para completar, também estarão no evento presidentes de partidos, representantes de partidos socialistas da América Latina e integrantes da Coordenação Socialista Latino Americana. Também está prevista uma homenagem ao escritor Ariano Suassuna falecido em 2014, e ao linguista americano Noam Chomsky, um dos mais críticos ao capitalismo.

Contato

Durante a conversa que teve com João Campos em São Paulo, o prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSB), soube que já era conhecido da família de Eduardo Campos, que acompanhou toda a situação do acidente da Chapecoense. “A minha mãe gosta muito de você”, disse João, ao fala de sua mãe, a viúva Renata Campos.

Jantar

O prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSB), em rápida passada por Florianópolis, jantou com o pré-candidato ao Governo do Estado Gelson Merisio (PSD). Pragmático, o pessedista se disse animado, afirmando que irá registrar a candidatura e que irá firme para a eleição. Merisio também comentou que estará junto com Esperidião Amin (Progressistas), e que ambos estão afinados.

Merisio e JR

O deputado estadual e pré-candidato a governador Gelson Merisio (PSD), visitou na terça-feira (27) desta semana o deputado federal João Rodrigues (PSD), que está preso em Porto Alegre. Durante 40 minutos, os dois amigos de longa data conversaram, porém, o teor não foi divulgado. Rodrigues mesmo tendo a sua transferência autorizada para Brasília, segue aguardando a burocracia que antecede o procedimento. O prefeito de Chapecó Luciano Buligon (PSB) anunciou no programa Estúdio Condá, que se Rodrigues for transferido antes do final de semana, aproveitará a agenda que tem na capital federal para visitá-lo.

Não entende o Udo

Ontem ao conversar com o deputado federal Mauro Mariani (MDB), ouvi que a decisão do candidato do partido ao Governo do Estado será na convenção, que deverá ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto. “Agora a hora de escolher o candidato, será lá”, afirmou Mariani que é pré-candidato a governador. Ele aproveitou para criticar a postura do prefeito de Joinville Udo Dohler. “Se alguém queria discutir, esse alguém era eu que pedi para marcar a prévia. O Udo tinha que ter participado da prévia, agora está anunciando que vai renunciar, eu não entendo o Udo. Se a prévia era uma aventura, o que será renunciar sem a garantia de que será candidato. A prévia era a garantia”, criticou.

Mariani não aceita antecipar a decisão no partido.
Foto: Marcelo Tolentino

Conversas

Mauro Mariani (MDB) tem conversado diariamente com lideranças de vários partidos. Ontem mesmo ele recebeu a visita do prefeito de Criciúma Clésio Salvaro (PSDB), e a conversa foi só eleição. Chamou a atenção que durante a conversa, ouvi o deputado federal Rogério Peninha (MDB) gritar próximo a Mariani: “Vai votar em ti”. Depois eu descobri que enquanto o pré-candidato emedebista ao Governo do Estado falava comigo ao telefone, Peninha passou próximo a ele acompanhado de um vereador do estado, que é delegado e irá votar na convenção do partido. O nome, a fonte não quis revelar.

Crítica do Amin

A respeito das críticas que o pré-candidato a governador Esperidião Amin (Progressistas), tem feito ao MDB, afirmando que Santa Catarina irá virar um Rio de Janeiro se os emedebistas tiverem mais um mandato, Mauro Mariani que também é presidente estadual do MDB respondeu: “É só olhar os números de SC, muito desses números com todo o respeito a quem participou dos últimos governos e não é do MDB, foi construído pelo Luiz Henrique e o nosso partido. Não dá para ficar comentando bravata e, não vou discutir com o Amin, pois tenho o maior respeito pela história dele e nos damos bem. Mas é uma opinião velha, um pensamento antigo e antiquado. Nós merecemos algumas críticas, eu faço a mea culpa, mas era bom ele cuidar do partido dele que está muito mais complicado. Eu poderia falar do Maluf que está preso e, é o partido com mais gente na Lava Jato. Precisamos mudar a forma de fazer política”, afirmou Mariani.

Moreira em Brasília

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) cumpre hoje agenda em Brasília, onde pleiteará recursos para o Estado em diferentes áreas. Ele também confirmou presença na reunião convocada pelo presidente da República, Michel Temer (MDB), que terá na pauta questões de segurança com o ministro Raul Jungmann, do recém criado Ministério da Segurança Pública. Pinho Moreira tratará com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a liberação de recursos financeiros para a Secretaria de Saúde do Estado. A intenção é procurar a parceria do Governo Federal para equacionar as dívidas na área da saúde, umas das maiores prioridades do governo catarinense nos próximos meses. O secretário da pasta, Acélio Casagrande, também estará presente na audiência.

Estreitar os laços

Durante a agenda em Brasília, Eduardo Pinho Moreira (MDB) pretende se reunir também com o presidente da República Michel Temer (MDB), no Palácio do Planalto. O intuito é referendar as demandas de Santa Catarina com o presidente, além de estreitar o relacionamento do Estado com o Governo Federal. Pinho Moreira também deve se reunir com o ministro do Turismo, Max Beltrão, para tratar da liberação de recursos para a realização da segunda etapa da obra do Centro de Eventos de Balneário Camboriú. O empenho para a realização desta etapa está orçado em R$ 20 milhões, sendo R$ 16 milhões do Governo Federal e R$ 4 milhões de contrapartida do Governo de Santa Catarina.

HRO

Já está confirmada a data para a entrega da Ordem de Serviço, para o início das obras de ampliação no setor de radioterapia do Hospital Regional do Oeste. De acordo com o presidente da entidade mantenedora do HRO, Severino Teixeira Filho, o deputado federal Valdir Colatto (MDB) e o senador Dário Berger (MDB), auxiliaram em mais essa conquista do hospital. Também vale destacar o trabalho e a seriedade da direção e funcionários presididos por Severino, que através de uma gestão com transparência e totalmente voluntária, tem conquistado importantes ações para o HRO. É preciso valorizar, pois os governos tem que dar mais atenção ao hospital que segue atendendo muito mais do que a sua capacidade. Se não fosse a Associação Hospitalar Lenoir Vargas Ferreira, o Oeste estaria padecendo, inclusive na “ambulância terapia” rumo ao Litoral.

Severino comemora mais uma conquista do HRO.

Ideli não confirma

A ex-ministra Ideli Salvatti (PT), negou que será candidata nesta eleição. No início da semana eu divulguei nesta coluna que Ideli estaria realizando movimentações para construir uma candidatura a deputada federal, o que foi rechaçado pela petista. Segundo ela, as pessoas tem dificuldade de entender que ela não quer mais ser candidata e, que as movimentações em prol da educação são fora de qualquer intenção eleitoral. “Estou trabalhando na articulação da resistência do desmonte da educação federal em Santa Catarina. Tenho visitado os campi universitários. Além disso, o programa Mais Escolas também está sendo atingido, fazendo com que as crianças não tenham mais atividade no contra turno, ficando nas mãos da criminalidade. Aí quando a coisa fica feia, eles fazem intervenção. Isso é coisa desse governo golpista”, criticou.

EducaRedes

Ideli Salvatti está liderando aqui no estado, o movimento EducaRedes, que visa o fortalecimento da rede de ensino público. Pessoas ligadas a educação a exemplo de professores universitários federais, dos institutos federais e do ensino fundamental e médio, tem participado de encontros e ações. Dessa forma, Ideli acredita que já está fazendo a sua parte, sem precisar disputar uma eleição. Mas deixou claro que ajudará o PT e estará participando ativamente da vinda do ex-presidente Lula a Santa Catarina.

Caravana do Lula

O ex-presidente da República virá a Santa Catarina no próximo dia 24 de março. É a terceira mudança na data da visita a região Sul, que terá início no Rio Grande do Sul e encerrará em Curitiba no Paraná. Em solo catarinense, Lula irá primeiro a Florianópolis para participar de um ato político durante a manhã. A tarde vem a Chapecó onde também participará a noite de um ato e dormirá. No domingo (25) ele tem agenda marcada em Nova Erechim com agricultores, e em São Miguel do Oeste. Os horários e locais dos eventos ainda não foram confirmados.

Lula virá a Santa Catarina.

Sabatina do Merisio

O pré-candidato a governador Gelson Merisio (PSD), começa hoje uma série de encontros envolvendo as 21 Associações de Municípios catarinenses. A ideia é que Merisio seja questionado sobre qualquer tema pela imprensa e convidados da região. Tudo vai ser transmitido ao vivo e sem cortes em sua página no Facebook. A transmissão começará às 10h.

Merisio iniciará uma série de sabatinas.
Foto: Marcelo Lula

Ciro

Ontem o pré-candidato a presidente da República Ciro Gomes (PDT), cumpriu agenda em Xanxerê. Se reuniu com empresários, participou de um evento de filiações e palestrou a noite para um grande público. O que chamou a atenção, é que lideranças ligadas ao PT e ao PCdoB, acompanharam a fala de Gomes, que aparece como uma opção da esquerda para o pleito nacional no lugar de Lula (PT), que será impedido de se candidatar pela lei da ficha limpa. O vereador de Chapecó Jatir Balbinot (PDT) que é pré-candidato a deputado estadual, também esteve no evento, ao lado do ex-ministro do Trabalho Manuel Dias, pré-candidato a deputado federal.

Mais um round

Parece que a antipatia mútua entre os deputados estaduais Roberto Salum (PRB) e Ana Paula Lima (PT), além do deputado federal Décio Lima (PT), parece longe de esfriar. Depois de ter dito que não discutiria com a petista por não discutir com mulher, Salum ontem criticou o PT e de quebra, o casal Lima. De acordo com ele, as críticas que recebeu sendo chamado de machista e misógino, foi um teatro para calar as suas críticas. Salum afirma que passados seis anos da promessa feita pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT) de duplicação da BR -470, aconteceram mais de 15 mil acidentes, com mais de 11 mil feridos e 585 mortes. “Vocês deveriam pedir desculpas às famílias, dizendo: ‘Eu me elegi nas suas costas! Desculpe família!”, afirmou Salum.

Salum voltou a criticar os deputados petistas.

Inaceitável

O deputado estadual Roberto Salum (PRB), tem razão ao criticar uma promessa não cumprida, que tem colaborado para aumentar os números das tragédias nas estradas, porém, erra ao pessoalizar a questão. O fato é que errou ao dizer que não discutiria com a sua colega Ana Paula Lima (PT), pelo fato de ser uma mulher, situação que é inaceitável que qualquer homem diga, ainda mais para um parlamentar em pleno exercício do mandato. O ideal para o bem do parlamento e dos mandatos, é o reconhecimento do excesso, para que as críticas, a exemplo da BR-470, e que Salum defende com números e propriedade, saia da esfera pessoal.

Bombeiros

O governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) empossou o coronel João Valério Borges, como novo comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. A cerimônia ocorreu no Centro de Ensino da corporação, em Florianópolis. Também tomaram posse o subcomandante-geral coronel Vanderlei Vanderlino Vidal, e o chefe do Estado-Maior Geral, o coronel Alexandre Correa Dutra.

Pinho Moreira no momento da posse do coronel João Borges.
Foto: Júlio Cavalheiro/Secom

Alfa

Com receita total de R$ 2.79 bilhões em 2017, o que representa um crescimento de 5,53% do faturamento em relação a 2016, a Cooperalfa aprovou seu Balanço Patrimonial em assembleia. As sobras do exercício de 4,4% sobre a Receita Líquida, ficou num percentual muito parecido com 2016 que foi de 4,3%. “Considerando a queda dos preços dos cereais e de algumas mercadorias de consumo, e inflação oficial de 2,95%, tivemos um 2017 com bons resultados”, avaliou o presidente Romeo Bet.

Bet comemorou o resultado.

Cooperativismo

Cerca de 20 colaboradores da Unicred Oeste estiveram presentes no Encontro de Planejamento Estratégico da cooperativa em Foz do Iguaçu. Com palestras de Gustavo Loyola e Gil Giardelli, o encontro proporcionou conhecimento sobre o cenário econômico atual e inovações tecnológicas que devem acompanhar o cooperativismo financeiro da Unicred SC/PR durante este ano.

Destaque

“Uma das mais importantes entidades empresariais do Oeste catarinense, a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), empossa hoje a nova diretoria executiva e coordenadores de núcleos empresariais. A solenidade festiva será no Clube Recreativo Chapecoense (CRC), às 20h. O evento é altamente prestigiado pela classe empresarial do município e, os ingressos estão esgotados. O comando da nova gestão estará a cargo do empresário do ramo da indústria gráfica Cidnei Luiz Barozzi.”

“Me ouça de segunda a sexta as 13h15 na Super Condá AM 610”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest