Breithaupt questiona proposta de Merisio, a eleição do individualismo, o lançamento de JR entre outros destaques

Desafio os caros leitores a darem uma observada nas propagandas de candidatos à proporcional, que já começam a aparecer nos carros e, até mesmo, em alguns materiais de campanha que começarão a rodar. Não se assustem se muitos candidatos de todas as coligações neste primeiro momento, priorizarem o seu pleito, ao ponto de darem um espaço mínimo a seus candidatos ao Governo do Estado.

Por outro lado, tem nomes que não concordaram com as alianças firmadas por seus partidos, enquanto que muitos preferem realizar uma campanha sem muita manifestação a respeito da majoritária, para tentar ganhar votos de simpatizantes de outras coligações. Será a eleição do individualismo?

O que eu posso dizer, é que se trata realmente de uma eleição atípica. Os candidatos da proporcional estão muito mais preocupados com a sua campanha, do que, com a campanha majoritária. Além disso, os apoios de lideranças a candidatos de outras coligações também tem sido uma constante.

Portanto, aos nomes da majoritária, cabe tentar de alguma forma animar os candidatos a deputado estadual e federal, para que trabalhem com mais afinco por eles. Mas, também há quem acredita que os postulantes à proporcional, se animarão quando verem os seus candidatos despontando nas próximas pesquisas pós-propaganda eleitoral. É a política tradicional, que segue sendo feita de acordos e interesses.

Sabatinas

Camasão será o sabatinado de hoje.

Seguindo a série de entrevistas com candidatos ao Governo do Estado, numa parceria entre a Unochapecó e a Rádio Super Condá AM 610, hoje será entrevistado Leonel Camasão (PSOL). Na próxima semana, Carlos Moisés da Silva (PSL) estará no programa na segunda-feira (03); Jessé Pereira (Patriotas) na terça-feira (04), Mauro Mariani (MDB) na quarta-feira (05), e Décio Lima (PT) na quinta-feira (06), encerrando a programação. Os programas começam as 08h45.

Vá ao Sicredi

Como cooperativa de crédito que tem uma visão diferenciada do mercado, o Sicredi se preocupa com a sua saúde financeira. É por isso, que trabalha na orientação de seus associados para que tomem as melhores decisões quando o assunto for a administração de seu dinheiro. Uma vida financeira organizada tem como resultado, a possibilidade de realizar bons investimentos, podendo render mais prosperidade e a realização dos seus sonhos. Por isso, tanto os clientes pessoa física, quanto jurídica, tem acesso as orientações do Sicredi, inclusive sobre como implementar ações e programas com o objetivo de capacitar funcionários e colaboradores, para a melhor forma de gerir aquela que é a maior contrapartida que recebem pelo seu trabalho: o dinheiro. Procure o Sicredi. Gente que coopera cresce!!

Breithaupt preocupado

Ontem recebi um telefonema do presidente da Fecomercio, Bruno Breithaupt, que se mostrou preocupado com o anúncio feito pelo candidato ao Governo do Estado, Gelson Merisio (PSD), na sabatina da Super Condá AM 610 em parceria com a Unochapecó. Merisio afirmou que baixará de 17% para 12% a alíquota do ICMS para a indústria, caso vença a eleição.

A afirmação preocupou a Breithaupt, pois, segundo ele, caso isso aconteça, haverá uma oneração para o comércio e consequentemente para o consumidor catarinense. “Os produtos aumentarão em 6,36%”, disse com preocupação.

Reposta

Questionei o candidato a governador, Gelson Merisio (PSD), a respeito da preocupação do presidente da Fecomercio, Bruno Breithaupt. O pessedista me respondeu que ainda não é o momento de discutir essa situação, mas, garantiu que qualquer alteração somente será feita, com uma discussão aberta e direta com todos os setores.

Além disso, Merisio criticou mais uma vez o atual governador Eduardo Pinho Moreira (MDB), o qual, segundo ele, ao dizer que baixaria a alíquota para a indústria, estava enganando a população ao onerar ainda mais o comércio e o consumidor. “Ninguém sairá prejudicado com a minha proposta”, garantiu Merisio.

Lançamento de JR

Em clima de festa misturado a momentos de emoção, o deputado federal João Rodrigues (PSD) lançou na noite de ontem a sua candidatura à reeleição. O evento foi realizado no Pavilhão Comunitário do Bairro Bela Vista, em Chapecó, e contou com autoridades, candidatos a deputado estadual e centenas de simpatizantes do parlamentar. Os candidatos ao Governo do Estado e ao Senado pela coligação “Aqui é Trabalho”, prestigiaram o lançamento gravando mensagem e parabenizando Rodrigues pelo evento.

Sem vídeo

O candidato João Rodrigues (PSD) optou em não apresentar a mensagem de Gelson Merisio (PSD) e dos demais integrantes da majoritária, no evento de ontem. Porém, fez o seu agradecimento e anunciou apoio a Merísio, ao deputado federal e candidato a vice-governador João Paulo Kleinubing (DEM), ao deputado federal e candidato ao Senado, Esperidião Amin (Progressistas) e ao ex-governador e candidato ao Senado, Raimundo Colombo (PSD), por terem manifestado publicamente apoio ao seu nome, no período em que esteve preso na Papuda, em Brasília.

Veta, prefeito!

As entidades empresariais de Chapecó não estão perdendo tempo. Assumiram o papel de fiscalizar os atos do poder público e, realizado um trabalho que é realmente louvável. O presidente da ACIC, Cidnei Barozzi, enviou ao prefeito Luciano Buligon (PSB) um ofício demonstrando a contrariedade da classe empresarial, com a aprovação de uma lei na Câmara de Vereadores de autoria de Arestide Fidelis (PSB), que declara de utilidade pública a “Associação Chapecoense de Carros Rebaixados e Som Automotivo (Acarson). O veto será uma ação de bom senso, já que uma dita entidade que não tem a mínima serventia para a população em geral, não pode se tornar apta a captar recursos públicos.

Orçamento

Há algumas semanas o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, está trabalhando com a sua equipe para elaborar a peça orçamentária para o próximo ano. Ainda não há uma previsão de números para termos uma ideia do que é possível mensurar de receita para o Estado.

Agenda

Na noite de ontem (29), o candidato ao Senado e presidente do PSL no estado, Lucas Esmeraldino, esteve reunido com lideranças da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC), e Associação Comercial e Industrial de Tubarão (ACIT), na cidade de Tubarão. A reunião promovida pelas entidades, teve como pauta a reivindicação de melhorias para a Serra do Corvo, BR-282, entre outros assuntos. Fazem parte da FACISC mais de 34 mil empresas distribuídas em toda Santa Catarina, por intermédio de suas 146 Associações Empresariais.

Saretta como vice

O deputado estadual, Neodi Saretta (PT), deve ser o próximo primeiro-vice-presidente da Assembleia Legislativa. O nome está sendo costurado principalmente pelo PSD, PT e Progressistas.

Emprego

Santa Catarina está na vice-liderança no saldo entre aberturas e fechamentos de lojas no primeiro semestre de 2018, atrás apenas de São Paulo (2.468). Foram criados 852 novos estabelecimentos comerciais com vínculo empregatício, conforme aponta estudo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e divulgados pela Fecomercio. Os dados entre janeiro e junho deste ano mostram que o mercado catarinense voltou a crescer, embora ainda não tenha revertido os prejuízos dos anos anteriores. Em 2017, SC foi o único estado do país com resultado positivo, mas, em 2016 e 2015 quase 17 mil lojas fecharam as portas no Estado. O número anteriormente divulgado, cerca de 11 mil, foi revisado levando em conta as atualizações do Ministério do Trabalho.

Presidenciável

O candidato à Presidência da República, Ciro Gomes (PDT), estará hoje na Serra, em Lages participando de eventos de seu partido.

ATENÇÃO!! As atividades eleitorais dos candidatos à majoritária, são divulgadas conforme são repassadas as informações pelas coligações.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest