BNDES dificulta liberação do financiamento para o Fundam, Vignatti disputará a deputado estadual, Amin é vítima de golpe entre outros destaques

BNDES endurece para liberar o financiamento.

Conforme antecipei no ano passado, o tão esperado dinheiro do Fundo de Apoio aos Municípios, que tem enchido os olhos dos prefeitos catarinenses poderá não ser liberado. Não é nada definitivo, mas, segundo uma fonte, a possibilidade do Fundam “subir no telhado” é muito grande.

O governo segue trabalhando para a liberação dos R$ 634 milhões junto ao BNDES, porém, há um entrave: O setor técnico do banco de desenvolvimento não está aceitando a proposta de distribuição do recurso para todos os municípios, sobretudo aos que tem no máximo 10 mil habitantes. Conversei com um integrante do governo que acredita ser solucionável a questão, porém, o modelo do projeto apresentado por Santa Catarina não obteve a aprovação no tocante a divisão dos valores. Ele explicou que o governador licenciado Raimundo Colombo (PSD), e o secretário de Estado da Casa Civil Nelson Serpa, estão cuidando pessoalmente da situação.

Hoje deve ser feito um novo contato com o BNDES que insiste na mudança do critério de distribuição, entendendo que os recursos devem ser aplicados regionalmente. Uma das justificativas de acordo com a fonte, seria o grande número de projetos que teriam que ser avaliados, pois, são 295 municípios, o que é de se estranhar, pelo fato de que o agente financeiro do BNDES aqui no estado é o BRDE, que não se manifestou contrário ao critério.

Preocupado com um possível desgaste caso o dinheiro não contemple obras nos municípios, sobretudo neste ano eleitoral, haverá a intensificação dos contatos de parte do Centro Administrativo, principalmente pela proximidade do período em que a Justiça Eleitoral proíbe a assinatura de novos convênios. Assim sendo, a alternativa seria acatar a decisão do banco e convencer os prefeitos que as obras serão realizadas em âmbito regional, ou então, seguir trabalhando para garantir a liberação dos recursos no próximo ano.

Rota do milho

Informação ainda não oficial, dá conta de que a inauguração da Rota do Milho deverá acontecer no próximo dia 09. Atualmente Santa Catarina importa o cereal do Paraguai, porém, através de uma rota mais longa via Foz do Iguaçu. Agora, a nova rota passará pela província de Missiones na Argentina, mais propriamente pela cidade de Bernardo de Irigoyen que faz fronteira com o nosso estado, chegando a Dionísio Cerqueira. Esse traçado equivale a metade da distância para o Mato Grosso, de onde tem vindo o milho atualmente. A redução reduzirá em 70% o preço do frete.

Imagem: NSC TV

O dia D

O deputado federal Esperidião Amin, confirmou ontem através de nota a informação que adiantei a respeito da data em que ele se licenciará da presidência do Progressistas. Amanhã ele se licencia e o deputado estadual Silvio Dreveck assume. Para o dia 26 de fevereiro será convocado o diretório estadual para avaliar o quadro político e definir o nome de Dreveck, como presidente e Amin como o primeiro vice-presidente. No mesmo dia, Esperidião anunciará se estará à disposição para a eleição ao Governo do Estado. Ele fez questão de frisar que não terá prévia entre os progressistas, numa demonstração de unidade.

Vítima de golpe

Um fato gravíssimo acometeu o deputado federal Esperidião Amin (Progressistas). Durante a inauguração de um ginásio de esportes em Criciúma no final de semana passado, ele estranhou que o seu celular não estava funcionando. As 22h47, de acordo com o próprio parlamentar, ele foi informado pela Vivo que o seu número havia sido roubado, através de uma programação em uma loja autorizada no município de Curvelo, em Minas Gerais. O que chama a atenção, é que de acordo com a Vivo, a loja funciona das 08h às 18h30, porém, a fraude teria ocorrido no período da noite. O que mais preocupou Amin, foi o fato do falsário ter usado o seu WhatsApp para pedir dinheiro aos seus contatos, o que fez com que um de seus amigos chegasse a depositar R$ 3 mil. O valor foi depositado em uma conta do banco Itaú da cidade de Ananindeua no estado do Pará. Amin fez um BO e foi até a uma loja da Vivo em Florianópolis, onde conseguiu bloquear o aplicativo. A empresa de telefonia ficará monitorando o número do parlamentar até sexta-feira.

Preocupação

O departamento de Fraudes da Vivo ligou para o deputado federal Esperidião Amin (Progressistas). A preocupação da empresa telefônica é muito grande com o período eleitoral, pois, se tornará comum as chamadas “vaquinhas”, onde dinheiro será arrecadado para doação a candidatos. A telefônica quer evitar a ação de golpistas que poderão pedir dinheiro, inclusive tentando invadir o WhatsApp de outras pessoas causando golpes sem precedentes.

PDT decide

Conforme já era falado nos bastidores, a executiva estadual do PDT definiu que a prioridade do partido é pela aliança que lhe dê condições de eleger o seu presidente estadual, Manoel Dias, a deputado federal. Ele deve ser o único nome da legenda aqui no estado a disputar o pleito à Câmara Federal. Pensando nisso, a maioria das lideranças querem uma aliança com o PSD, costurada pelo pré-candidato a governador, Gelson Merisio. Dias também anunciou que o presidenciável Ciro Gomes, voltará ao estado neste mês de fevereiro.

Dias disputará a deputado federal.

Vignatti a estadual

De acordo com uma alta fonte petista, Claudio Vignatti (PT) é pré-candidato à Assembleia Legislativa. Ele já começou a realizar alguns roteiros para conversar com as bases. A liderança confidenciou que a decisão fez o clima pesar entre Vignatti e a deputada estadual Luciane Carminatti, que estaria se sentindo incomodada. Segundo a fonte, o fogo amigo já teria começado.

Vignatti disputará a deputado estadual.
Foto: Marcelo Lula

Novo secretário

Leandro Lima será o próximo secretário de Estado da Justiça e Cidadania. Ele substituirá Ada de Luca, que retornará à Assembleia Legislativa, além de ser pré-candidata à reeleição a deputada estadual. A confirmação foi feita pelo governador em exercício Eduardo Pinho Moreira (MDB), na manhã de ontem durante a inauguração da Penitenciária Feminina de Criciúma.

Negado habeas

O ex-presidente Lula sofreu um novo revés ontem, quando teve um habeas corpus preventivo apresentado pelos seus advogados, negado pelo Superior Tribunal de Justiça. O ministro Humberto Martins não acatou o pedido que poderia impedir uma eventual prisão do petista, devido a sua condenação em segunda instância no caso do tríplex do Guarujá. Pelo visto, a prisão de Lula é uma questão de tempo.

Destaque

“O presidente da Coopercentral Aurora Mário Lanznaster, voltou a defender em artigo enviado à imprensa, a eleição de um governador do Oeste. De acordo com uma das maiores lideranças do agronegócio nacional, eleger um oestino pode influenciar na reversão desse processo, porque é no hinterland que estão os recursos naturais, a riqueza econômica, a diversidade étnica e cultural e as condições para sustentar o desenvolvimento catarinense. Para ele, no litoral apesar de suas potencialidades, estão as demandas e a concentração de problemas.”

“Me acompanhe no programa Bastidores, de segunda a sexta-feira as 13h15, na Super Condá AM 610”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest