Bauer confidencia preferência por partidos, Amin e Merisio afinados, Álvaro Dias em entrevista na Super entre outros destaques

O DNA falará mais alto na eleição deste ano ao Governo do Estado, se depender do esforço de progressistas e pessedistas. Ontem na posse do deputado Silvio Dreveck, como presidente estadual do Progressistas, em ato que também teve o lançamento da pré-candidatura de Esperidião Amin à majoritária estadual, os discursos foram muito próximos.

Para Dreveck o projeto maior é o de buscar o governo nas eleições deste ano, fortalecendo as alianças. Segundo ele, a coligação com o seu partido e o PSD tem o mesmo DNA, por isso, pediu a todos a inteligência para a condução das tratativas.

Por sua vez, o pré-candidato pessedista Gelson Merisio, convidado para o evento, também seguiu na mesma linha do DNA. Ele afirmou que as alianças devem ser construídas com plena convicção e, que por isso mesmo acredita que estarão no mesmo palanque. “Eu e Esperidião estaremos juntos no palanque em 2018. Existe um sentimento latente em nossas bases. O cabeça de chapa será aquele que vai ganhar a eleição”, afirmou Merisio.

Em sua fala, Amin lembrou que é muito ruim para o partido não ter um pré-candidato ao governo. Além disso, se disse pronto e com coragem para enfrentar o desafio e, afirmou que colocou o nome no páreo para impedir o que chamou de continuísmo o que de acordo com o progressista, não faz bem à democracia. Amin destacou ainda que em caso de sucesso, ele será um governo de mudança e, que o PSD e o PSB são parceiros importantes nessa caminhada.

Casamento

A aliança entre o Progressistas e o PSD está muito bem encaminhada no estado. Tanto, que ambos os partidos miraram o novo alvo a ser conquistado que é o PSDB, e as fichas serão postas no senador Paulo Bauer, que também é pré-candidato ao Governo do Estado. Será através dele e sua ala, que será feita uma aproximação mais contundente nas próximas semanas. Ontem já foi possível perceber, até de forma explicita, tanto na fala de Gelson Merisio (PSD) quanto na de Esperidião Amin (Progressistas), que eles contam com Bauer para ter os tucanos ao seu lado. Porém, todos que trabalham com a hipótese do PSDB dizem a mesma coisa: Se os tucanos não estão na cabeça, nem sempre vão 100% alinhados para uma coligação.

Chapa de Bauer

Uma fonte me confidenciou uma conversa no dia de ontem, entre o senador Paulo Bauer (PSDB) e uma liderança de seu partido no estado de São Paulo. Segundo o relato, Bauer teria dito que disputa a eleição, se o PSD de Gelson Merisio colocar o vice, e Esperidião Amin (Progressistas) disputar uma das duas vagas ao Senado. A ideia teria a benção do ex-governador Jorge Bornhausen, que segue mais ativo do que nunca nos bastidores, além de compor a equipe que trabalha no plano de governo de Alckmin, ao lado de seu filho, o ex-deputado Paulinho Bornhausen.

Bauer teria confidenciado a líder tucano de SP.

Sem exclusivismo

Tem chamado a atenção os discursos do pré-candidato a governador Gelson Merisio (PSD). Ontem no evento do Progressistas ele falou: “Há que se fazer as alianças com convicções plenas. Não dá para seguir no discurso fácil das grandes composições. Nós estaremos juntos na eleição. Essa é uma afirmação minha pessoal e partidária. Eu e Esperidião estaremos juntos no palanque em 2018. O projeto que construiremos será vitorioso, seja comigo ou com o Esperidião”, disse Merisio.

Alianças

O ministro da Ciência e Tecnologia Gilberto Kassab, que também é presidente nacional do PSD, anunciou que em São Paulo já está articulada uma aliança entre o seu partido, mais o PSDB e o Democratas. Tudo isso, em apoio ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) que será lançado à Presidência da República. Para Kassab, os partidos se afinam para estarem juntos na majoritária nacional e estadual. Porém, nos demais estados, o que inclui Santa Catarina, Kassab destacou que as articulações ainda estão sendo feitas e que o prazo final será em abril. “Não necessariamente o que ocorrer em São Paulo deve ocorrer no plano nacional, mas caminhamos nesse sentido”, disse Kassab, anunciando que o DEM deverá indicar o vice na chapa de Alckmin.

Kassab trabalha as alianças pensando no Planalto.

Colombo

A Assembleia Legislativa recebe hoje o pedido de férias do governador licenciado Raimundo Colombo (PSD). Ele ficará por mais 30 dias afastado do governo, e só retornará para oficializar a renúncia. Durante este período, Colombo ficará na sua fazenda em Lages e, viajará a Florianópolis e São Paulo para realizar uma bateria de exames. Após a renúncia ele dará início a uma agenda de pré-candidato ao Senado, percorrendo o estado para promover encontros e conceder entrevistas.

Saúde

Santa Catarina receberá R$ 1,3 milhão para realização de cirurgias eletivas. De acordo com o senador Dalírio Beber (PSDB), é uma resposta às reivindicações constantes ao ministro da Saúde Ricardo Barros. O anúncio foi feito ontem pelo Ministério da Saúde. O recurso será destinado aos municípios que cumpriram a meta de produção estabelecida para realização das cirurgias, entre eles, Blumenau, Jaraguá do Sul e Joinville. E Chapecó??

Álvaro Dias

O pré-candidato a presidente da República Álvaro Dias (Podemos), concede hoje uma entrevista ao programa Estúdio Condá com a Raquel Lang. Eu também participarei do programa que terá início às 08h45 na Super Condá AM 610.

Eduardo pragmático

Fontes governistas tem comparado a forma de atuação do governador em exercício Eduardo Pinho Moreira (MDB), com o governador licenciado Raimundo Colombo (PSD). Foi relatado que Pinho Moreira tem o costume de verificar pessoalmente as demandas junto aos secretários, inclusive, cobrando diariamente. Além disso, visitas a algumas secretarias e até cobranças mais contundentes já foram registradas pelas fontes.

Conciliador 

O presidente da Assembleia Legislativa Aldo Schneider (MDB), é reconhecido pelo perfil conciliador e de manter um bom diálogo com todos os partidos. É nisso que o governador em exercício Eduardo Pinho Moreira (MDB) aposta, quando tiver que aprovar um projeto no parlamento.

Schneider tem o perfil apaziguador.
Foto: Agência Al

Destaque

“A posse do novo secretário de Estado da Comunicação, Marcelo Mello Rego, acontece hoje em Florianópolis as 14h na sede da secretaria.”

“Me ouça de segunda a sexta as 13h15 na Super Condá AM 610”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest