As ligações de 2018

Para o deputado federal Jorge Boeira (PP), que figurou como possível candidato de majoritária, em caso de chapa pura no partido, quem desata o nó que desvenda o cenário de 2018 é o governador Raimundo Colombo. E este movimento acontece quando Colombo disser quando vai renunciar em favor de Eduardo Pinho Moreira, do PMDB, e principalmente se é que fará isso. Se o  gesto for praticado o PSD não tem outro caminhos e Colombo terá vencido a disputa interna com o deputado Gelson Merísio. A interpretação foi feita em entrevista à rádio Eldorado, ontem. Boeria lembra da inter-relação partidária no plano nacional. Neste cenário ele acha que o PSDB pode ficar à reboque do PMDB em Santa Catarina em troca do apoio estadual pela chapa nacional.

Tem lógica

No PP é flagrante o discurso pró aliança com o PSD na proposta do deputado estadual Gelson Merísio. Há um fundo de lógica neste discurso. Basta remeter a atenção à historia dos partidos. E não é só pela proximidade de PP e PSD, mas principalmente na distância entre PP e PMDB. Assim, se o o PP fortalecer a proposta de Merísio estará fragilizando o PMDB. Afinal, Merísio deixa claro que o se adversário é o PMDB. 

Araranguá

Na sessão de ontem a Câmara de Vereadores de Araranguá autorizou o município a contratar operação de crédito junto ao Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE no valor de R$ 20 milhões. A aprovação foi por unanimidade. Na justificativa o prefeito, Mariano Mazzuco (PP) lembrou que é dinheiro do programa “Pró- Transportes” do Ministério das Cidades e vai financiar obras de pavimentação com melhorias na acessibilidade, microdrenagem e sinalização viária.

Homenagem de fé

A Câmara de Vereadores de Criciúma  marcou para o dia 13 de setembro sessão especial do centenário da Igreja de São José. Será no salão São José, no centro da cidade, ao lado da catedral, às 19h. Na mesma noite haverá entrega de moção de aplauso aos 60 anos de sacerdócio ao padre Manoel Odorico Francisco, padre Maneca e pelos 50 anos de sacerdócio do padra Silvestre Koepp.

Aposentados

A mais tradicional Associação de Aposentados de Criciúma realiza eleição com disputa neste sábado. São duas chapas que disputam os votos, depois de duas décadas sem disputas. O atual presidente Vieirinha ganhou oposição de dentro da própria chapa atual. O candidato a presidente pela oposição é  Hiran Bolsoni. 

Feminicídio

Feministas de Criciúma, membros do Conselho de Direitos da Mulher estiveram ontem em Florianópolis para se encontrar com o delegado-geral adjunto Marcos Flávio Ghizoni Júnior. Criciúma é a segunda cidade catarinense em índice de violência contra a mulher. Na mesa de debate o feminicídio e questões como a Delegacia da Mulher. . O grupo reforçou o pedido para que o delegado Girardi, acusado de assassinato contra sua ex-mulher continue afastado.

Dificuldades de Bauer

Da forma como caminham as composições para as eleições de 2018no Estado de Santa Catarina o cenário ficam mais  complicado para o senador Paulo Bauer, que só terá garantia absoluta de ser cabeça de chapa se existirem várias candidaturas. Quando o assunto é de composições entre as siglas maiores, todo quadro é desfavorável ao principal nome tucano. Isso principalmente por causa da geografia das urnas. A mais provável coligação com o PMDB, como indica o cenário atual, retira Bauer do páreo pois ele é da mesma cidade do candidato peemedebista Mauro Mariani.

NO PÁREO O prefeito de Blumenau, Napoleão Bernardes levou torcida organizada para o evento do PSDB, sábado na capital. Ficou evidente sua animação com a possibilidade de figurar numa chapa majoritária. Tanto é que levou quatro ônibus de animadores tucanos. Na véspera, sexta-feira, teve seu nome retirado da lista do ministro Luiz Fachin, que investiga beneficiados com o caixa dois da JBS.

GEOGRAFIA Napoleão Bernardes só tem chances de estar na majoritária se a coligação não for com o PMDB, porque esbarra na geografia das urnas, pois não cabe chapa com candidato a governador de Joinville e vice de Blumenau.

AVISADO O deputado federal Mauro Mariani (PMDB), que se lançou pré-candidato a governador já avisou o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro (PSDB), que quer ter uma conversa com ele, nos próximos dias. É que se Mariani for candidato a governador necessita de alguém do sul ou do oeste para ser seu vice.

NA MIRA O prefeito Clésio Salvaro não fala nada sobre eleição majoritária, senão sinalizando na direção do nome de Paulo Bauer. O seu silêncio, entretanto,  pode ser estratégico. Mantidos os planos do PMDB ele pode se tornar na carta preferida deste jogo.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest