Anúncio de Hang fica aquém do esperado, Bornhausen a disposição para a eleição, Mariani quer prévias no MDB entre outros destaques

O filósofo romano Quinto Horácio Flaco, criou uma frase muito interessante: “Parturient montes, nascetur mus”, ou seja, a montanha pariu um rato. Ele criticava o grande espalhafato ao anunciar um evento que tem o seu resultado aquém do esperado.

Jean de La Fontaine, um poeta francês, ao narrar um dos textos de “La Montagne que Accouché (A montanha que dá a luz)”, disse: “Uma montanha em trabalho de parto fazia tão grande escarcéu, que todos, acudindo ao alarido, supunham que daria à luz uma cidade maior do que Paris. Ela deu à luz um rato”. Foi isso o que aconteceu ontem em Brusque, no tão falado anúncio que a princípio, seria “bombástico”, do empresário Luciano Hang.

Em suma, isso quer dizer que a notícia ficou aquém do que era esperado e, eu explico o motivo: Hang é um arrojado empresário. Sabe explorar bem o marketing e construiu um império levando uma marca catarinense, a se tornar referência em todo o país. Quando um empresário desse quilate convoca uma coletiva para anunciar um fato político, a expectativa é de que anunciasse de forma pragmática uma pré-candidatura, de forma clara e com um partido definido. Mas, seguindo o caminho contrário, ele apenas anunciou que está disponível para a disputa eleitoral, seja a governador, ou a qualquer outro cargo.

Isso me deixou a impressão que, estrategista, Hang se colocou no cenário e o objetivo, é o de jogar para os partidos e suas lideranças a responsabilidade do convite. Dessa forma, se sentirá a vontade para escolher o cargo que disputará e, a liberdade que pretende ter para se manifestar. Porém, faltou algo de suma importância: propostas concretas de mudança, de como pretende fazer se realmente abraçar a política, o que teria gerado muito mais impacto do que apenas criticar o atual sistema, que todos nós sabemos que está falido.

“Eu vou botar a minha cara a tapa, vou fazer a minha parte e vou arregimentar mais pessoas para trabalhar pelo país”, anunciou Luciano Hang. Bom, se conseguir isso, incluindo, atrair empresários vitoriosos iguais a ele, já dará um grande passo para melhorar o país.

Novo convidará

A assessoria do empresário Luciano Hang, convidou para a sua coletiva o presidente estadual do Partido Novo, Eduardo Rodrigo Ribeiro. Ele não pôde ir a Brusque, mas foi representado pelo seu vice, Rodrigo Souza, que é de Blumenau. Integrantes da legenda entendem que a pauta de Hang é mais liberal, igual ao que prega o partido. Um encontro deverá ser marcado após o dia 20, possivelmente, com a presença do presidente nacional do Novo, Moisés Jardim, e com o diretor da Executiva Nacional, André Strauss, além do próprio Ribeiro.

Ribeiro (direita) confirmou o interesse em reunião com Hang.

Bornhausen a disposição

O presidente estadual do PSB, Paulinho Bornhausen, está fechado com o pré-candidato ao Governo do Estado, deputado Gelson Merisio (PSD). Porém, ele afirma que o seu partido também tem nomes para a majoritária, que são, ele próprio, e o empresário e vereador de Joinville, Ninfo König. Bornhausen descarta a possibilidade de disputar a proporcional, afirmando que já deu a sua contribuição nos parlamentos. “Chega uma hora que não é espirito público, é necessidade”. Para Bornhausen, tanto ele quanto König, tem o perfil para ajudar a construir um projeto para Santa Catarina. A respeito do empresário de 75 anos, ele afirmou: “O Ninfo foi duas vezes o presidente da Associação Comercial e Industrial de Joinville. Um homem bem sucedido que gera empregos e já se submeteu ao voto popular. Se existe um empresário hoje, não há nome melhor do que ele. O resto é invenção”, destacou Paulinho.

Bornhausen está a disposição.

Conversas

Paulinho Bornhausen (PSB) deixa claro que, para o seu grupo, o pré-candidato ao governo é Gelson Merisio (PSD), porém, afirmou que mais para frente eles vão se unir para ganhar a eleição. Bornhausen explicitou ainda, que além do Progressistas, o PSDB está sendo procurado e que as conversas estão sendo centradas no senador Paulo Bauer. “É ele o maior interlocutor do PSDB. Sem desmerecer o Marcos Vieira, mas, o Bauer é o candidato”, afirmou o pessebista.

Caramori disputará

Ainda não será anunciado, mas o presidente do Badesc José Caramori, voltou a ser pré-candidato a deputado estadual. Caramori conforme anunciei em primeira mão no ano passado, chegou a noticiar que não disputaria mais a eleição, porém, foi convencido a rever a posição e, já começou a intensificar as visitas a empresários, prefeitos, entre outras lideranças. Sobre o convite de outras legendas, ele disse que se sentiu lisonjeado, porém, se sente mais confortável no PSD.

Mariani quer prévias

É dito na capital que o presidente estadual do MDB e pré-candidato a governador, Mauro Mariani, colocará na pauta da reunião da executiva de seu partido nesta semana, a realização das prévias para a escolha do nome que disputará a majoritária estadual. Em entrevista que me concedeu, o prefeito de Joinville, Udo Dohler, que também está a disposição do partido, chamou a tentativa de provocação desnecessária. Para Mariani, a prévia fará com que os interessados se inscrevam até o final de janeiro, com a consulta numa convenção em 15 de março.

Mariani seguirá defendendo as prévias.
Foto: Marcelo Lula

Empresários

Empresários a exemplo de Gelson Dalla Costa e Josias Mascarello, não querem saber de se filiar em partido político. Pelo menos é o que dizem neste momento. Dalla Costa que já foi sondado para a disputa a prefeito de Chapecó, se desfiliou do PSD no ano passado. Por sua vez, Mascarello que presidiu a Associação Comercial e Industrial de Chapecó (ACIC), descarta, afirmando que se dedicará exclusivamente às atividades empresariais. Ele chegou a ser procurado pelo DEM. “Quando se preside a ACIC, parece que atrai os convites. Não pretendo disputar”, afirmou.

Lula visitará

O ex-presidente Lula (PT), que é pré-candidato a presidente da República, deve vir a Chapecó em fevereiro. Em reunião com a executiva nacional de seu partido, foi discutido que será feita uma agenda no interior do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, porém, as capitais desses estados também estarão no roteiro. A data que ainda não está confirmada, deve ficar para depois do carnaval.

Exportações

No acumulado de 2017, as exportações catarinenses somaram US$ 8,51 bilhões, avanço de 12% frente ao mesmo período de 2016. O desempenho coloca o Estado em oitavo lugar no ranking das exportações, responsável por 3,9% das vendas externas brasileiras. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), e foram divulgados pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), nessa sexta-feira (5). O presidente da entidade, Glauco Côrte, enfatizou que o resultado é o melhor desde 2014.

Destaque

“Na segunda-feira (08) acontecem as posses dos novos secretários de Luciano Buligon (PSB). Trago mais detalhes no dia”

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest