Acordo entre PSD e Progressistas foi firmado de madrugada

O abraço da concórdia

Pessedistas e progressistas se encontraram no fim da noite de ontem, em um pequeno restaurante de Florianópolis. Ninguém queria a badalação de um local mais conhecido e muito menos imagens. João Paulo Kleinubing (DEM) apareceu no jantar, mas foi embora pedindo mais tempo para pensar.

Por volta da 1h da madrugada foi batido o martelo entre o PSD e o Progressistas. A chapa conforme anunciei em primeira mão, terá Gelson Merisio (PSD) na cabeça com Esperidião Amin (Progressistas) e Raimundo Colombo (PSD) ao Senado. Uma resposta de Kleinubing está sendo aguardada até o início da noite, se ele não aceitar, o PSB ou o Progressistas indicará. O deputado Silvio Dreveck (Progressistas), ou o deputado federal Jorge Boeira (Progressistas) são alguns dos possíveis nomes para compor. Quem também volta com força ao cenário é o empresário e vereador de Joinville, Ninfo Köning (PSB).

Também está acordado que o PSD e o Progressistas estarão coligados na proporcional.

Deixe seu comentário:

Pin It on Pinterest